Tende piedade, ó meu Deus misericórdia!
Na imensidão de vosso amor, purificai-me!
Do meu pecado, todo inteiro, me lavai
E apagai completamente a minha culpa.
Eu reconheço toda a minha iniquidade,
O meu pecado está sempre a minha frente,
Foi contra vós, só contra vós que eu pequei
E pratiquei o que é mau aos vossos olhos!
Criai em mim um coração que seja puro
Dai-me de novo um espírito decidido.
Ó Senhor, não me afasteis de vossa face
Nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!
Dai-me de novo a alegria de ser salvo
E confirmai-me com espírito generoso!
Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar
E minha boca anunciará vosso louvor!

Meditatio (meditação)
Este salmo penitencial que és convidado a meditar coloca-te diante de tua pequenez e da grande misericórdia de Deus. É possível rezá-lo porque crês na bondade do Senhor, que supera toda a tua mesquinhez. Sabes que Ele não despreza um coração arrependido.

Oratio (oração)
Coloca-te no posto do salmista, fazendo tuas as palavras que ele dirige a Deus. Pode ser que cantar o salmo também ajude a rezá-lo melhor.

Contemplatio (contemplação)
Escolhe um dos versículos para deter nele tua atenção. Reza com esta palavra, repetindo-a diversas vezes, aprofundando seu significado, entrando em comunhão com Deus neste exercício. Retoma esta frase bíblica nos diversos momentos do teu dia.

Missio (missão)
“Minha boca anunciará vosso louvor”, diz o salmista. Assume a missão de viver e anunciar, com tuas palavras e vida, a misericórdia de Deus para com todos.

Artigo publicado na edição de março de 2020 do Jornal da Arquidiocese, página 8.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*