Com pesar, a Arquidiocese de Florianópolis comunica o falecimento do Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Desterro (Catedral), Pe. Eugênio Kinceski, aos 79 anos, na madrugada desta sexta-feira, 28 de agosto de 2020.

Pe. Eugênio estava internado no Hospital de Caridade desde o dia 4 de agosto, por infecção da COVID-19. Embora já não estivesse mais infectado, seu falecimento se deu em decorrência dessa doença, que o fragilizou gravemente nos pulmões, nos rins e no coração.

O velório será na Capela A do Cemitério do Itacorubi, em Florianópolis, a partir das 9:00 desta sexta-feira. Às 15:30 será feita a celebração das exéquias, seguida do sepultamento às 16 horas. Às 18:15, na Catedral, será celebrada Missa de Exéquias, presidida por Dom Wilson Tadeu Jönck, Arcebispo Metropolitano.

Pe. Eugênio Kinceski nasceu no dia 9 de abril de 1941, em Florianópolis. Na sua infância, adolescência e juventude participava intensamente da vida paroquial da Catedral, onde despertou sua vocação sacerdotal. Ordenou-se presbítero em 17 de julho de 1971. Atuou por mais de 30 anos em Paulo Lopes, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, onde foi Vigário Cooperador, de 1971 a 1973, e Pároco, de 1973 a julho de 2002. Nesse meio tempo, acumulou funções em Garopaba, na Paróquia São Joaquim, como Vigário Cooperador e também como Pároco. De julho de 2002 a dezembro de 2014, foi Pároco da Paróquia São Judas Tadeu, em Barreiros, São José. Desde janeiro de 2015, era Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Desterro, Catedral de Florianópolis.

Deus o tenha em sua paz e glória !

5 Comments, RSS

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*