Na segunda, 17 de junho, a Arquidiocese de Florianópolis foi a sede do Encontro de Bispos das Grandes Cidades, que teve como objetivo refletir sobre o tema: “A evangelização no mundo urbano”. Os palestrantes foram o professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Elson Pereira, e o reitor do Seminário Convívio Emaús, Pe. Vânio da Silva.

Professor Elson falou sobre o espaço urbano e a organização da cidade

Estiveram presentes no encontro 16 bispos, de oito estados. Entre eles estavam os Cardeais Dom Odilo Scherer e Dom Orani Tempesta, o secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, o Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, e o Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck.

O encontro no bairro Morro das Pedras, em  Florianópolis, abriu com a Missa presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Scherer.

Clique aqui para ver mais imagens

Na primeira palestra do dia, o professor Elson afirmou que o espaço urbano é um produto da sociedade. “Ele é um reflexo condicionante social, um conjunto de símbolos e campo de lutas, fruto da expressão espacial dos processos sociais materializados a partir das formas espaciais”, complementa.

O professor também destacou diversas problemáticas encontradas nas cidades: questão habitacional, mobilidade urbana, espaços públicos, políticas públicas seletivas, violência urbana, democracia de baixa intensidade.

Após o almoço, Pe. Vânio abordou sobre como atender às necessidades espirituais das pessoas que trabalham e transitam no centro. Além disso, o reitor indicou sete características que devem estar presentes na Pastoral Urbana: “Uma presença mais plural, acolhedora, querigmática, comunitária, personalizada, solidária e cuidadora dos evangelizadores”, indica o padre.

Para o secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella, o encontro foi muito importante para entender quais são os principais desafios da Igreja no mundo urbano. “É preciso compreender a mentalidade urbana. O que pensa, o que sente, o que sofrem? Sobretudo na questão habitacional e na segregação de direitos, onde há muitos para uns e quase nenhum para outros”, aponta.

O Cardeal Dom Odilo Scherer ressaltou que outro desafio concreto no mundo urbano é estar junto aos jovens e as crianças nas escolas e nas universidades. Ou seja, continuar a ter algum espaço na vida das pessoas que tem o tempo tomado pelo ritmo alucinante da cidade. “Há muitas formas que nós precisamos repensar na nossa maneira de estar na cidade e relacionarmos com o povo”, conclui.

Ao final do encontro foi anunciado que o próximo encontro dos bispos das grandes cidades será em Brasília, no ano de 2020.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*