Marcelo oferece um testemunho de vida incrível para os tempos atuais. Jovem, leigo, estudante de Direito, professor e promotor de justiça, deixou esta vida em 20 de março de 2008 com fama de santidade. Em apenas 28 anos de existência, deu testemunho exemplar de vida cristã, vivendo de modo extraordinário os momentos ordinários da vida.

Após intensa conversão num retiro promovido pelo Movimento de Emaús, buscou santificar-se na vida cotidiana, ordinária, em meio às realidades temporais, celebrando as alegrias e carregando as cruzes da sua existência, tornando-se um verdadeiro apóstolo da juventude, sobretudo em meio aos grupos de jovens desse movimento.

Participava da vida paroquial no Santuário Sagrado Coração de Jesus, no bairro dos Ingleses, no norte da Ilha, onde era catequista de adultos e ministro extraordinário da Sagrada Comunhão.

Dedicou-se ao máximo aos estudos e pesquisas no curso de Direito e, depois, no ensino, como professor titular no IES e professor substituto na Universidade Federal de Santa Catarina. Mesmo em meio à doença, estudou com afinco para tornar-se promotor de justiça, cargo que exerceu por um ano com profissionalismo ético e dedicação evangélica.

 Identificou-se com o sofrimento redentor de Cristo no oferecimento da sua enfermidade (leucemia), vivida com alegria e paz cristã, durante quatro anos, em consonância com os ensinamentos de São Josemaria Escriva, fundador do Opus Dei, onde era supernumerário.

Veio a falecer em uma Quinta-feira Santa, dia 20 de março de 2008. Desde então, a fama de santidade do jovem começou a ficar mais conhecida.

O arcebispo, Dom Wilson Jönck, scj, recebeu o libelo de súplica (supplex libellus), com o pedido de abertura do processo de beatificação no dia 25 de novembro de 2018, na Catedral de Florianópolis, pelas mãos do postulador da causa, Pe. Vitor Galdino Feller.

A partir do recebimento do Nihil Obstat, o Arcebispo de Florianópolis marcou a abertura do processo arquidiocesano para o dia 8 de março deste ano, às 15h, no Santuário Sagrado Coração de Jesus, na paróquia do bairro Ingleses, na capital.

A biografia do jovem foi escrita pela vice-postuladora da causa, Maria Zoê Bellani Lyra Espindola, sob o título “No Caminho da Santidade: a vida de Marcelo Câmara, um Promotor de Justiça”. O livro pode ser adquirido no site das Livrarias Saraiva (e-book) e na livraria da Catedral, em Florianópolis.

Para saber mais sobre o jovem Marcelo Câmara, enviar testemunhos de graças alcançadas por sua intercessão, acesse o site: http://www.marcelocamara.org.br.

Doações para a causa podem ser feitas na conta da Associação Marcelo Henrique Câmara: Banco Brasil – Agência 4428-8 – Conta Corrente 18.051-3, CNPJ 32.188.231/0001-67.

1 Comentários, RSS

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*