Lectio (leitura)
2Cor 5,20―6,2

Irmãos: somos embaixadores de Cristo, e é Deus mesmo que exorta através de nós. Em nome de Cristo, nós vos suplicamos: deixai-vos reconciliar com Deus. Aquele que não cometeu nenhum pecado, Deus o fez pecado por nós, para que nele nós nos tornemos justiça de Deus. Como colaboradores de Cristo, nós vos exortamos a não receberdes em vão a graça de Deus, pois ele diz: “No momento favorável, eu te ouvi e, no dia da salvação, eu te socorri”. É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação.

Meditatio (meditação)

Queremos acolher o “momento favorável” da salvação, meditando uma das leituras da celebração da Quarta-feira de Cinzas, que marca a abertura da Quaresma. É do apóstolo Paulo que ouvimos a exortação à conversão, grande mensagem do tempo quaresmal: “Deixai-vos reconciliar com Deus”. Refazer o caminho do nosso compromisso cristão e preparar-nos bem para a Páscoa de Jesus é o motivo dos 40 dias de tempo penitencial que a Igreja nos propõe todos os anos. E Paulo aponta também o tempo desta conversão necessária: agora. “É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação”.

Oratio (oração)

Senhor, meu Deus, neste tempo favorável para a conversão, ajudai-me a viver com intensidade o momento presente, o agora da salvação, pondo-me a caminho da celebração alegre da Ressurreição de Jesus.

Contemplatio (contemplação)

Contemplo a bondade de Deus: ele nos enviou Jesus, seu Filho, “para que nele nós nos tornemos justiça de Deus”.

Missio (missão)

“Somos embaixadores”, “somos colaboradores de Deus”, diz o apóstolo Paulo. Acolhendo o convite à conversão, torno-me, também, anunciador da misericórdia de Deus para meus irmãos e irmãs.

Artigo publicado na edição de março de 2019 do Jornal da Arquidiocese, página 08

Por Pe. Paulo Stippe Schmitt

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*