Prazo foi estendido em quase dois meses, a pedido de várias conferências episcopais, para que a participação fosse mais ampla e permitisse reunir as vozes do Povo de Deus de todo o continente. Confira o artigo do coordenador arquidiocesano de Pastoral, Pe. Alcides Albony de Amaral.

Nossa Arquidiocese de Florianópolis foi surpreendida com a novidade de uma Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, que acontecerá na cidade do México, nos dias 21 a 28 de novembro de 2021. A sugestão da Assembleia foi do próprio Papa Francisco que ao ser inquirido acerca de uma nova conferência dos Bispos da América Latina afirmou que é preciso rever o Documento de Aparecida, pois segundo o Pontífice, ele não está superado e nem devidamente aplicado. O tema escolhido é “Somos todos discípulos missionários em saída”. No tema já está presente algo que foi uma marca da Conferência de Aparecida o binômio “discípulo-missionário”´. Nesta expressão está presente a identidade cristã, ou seja, a consciência de ser discípulo de Cristo e de ser enviado em missão.

A Assembleia tem por objetivo ouvir todo o povo de Deus, por isso o caráter sinodal que é um convite a “caminhar juntos”: leigos, leigas, religiosos, religiosas, diáconos, seminaristas, padres e bispos. Neste sentido já está acontecendo a preparação para a Assembleia através de um amplo processo de escuta para discernir juntos a vontade de Deus e qual o apelo que ele nos faz na América Latina. Trata-se de uma participação tanto pessoal quanto comunitária e que muito contribuirá. Os encontros comunitários estão acontecendo e estão sendo organizados de tal forma que possam garantir que o processo de escuta tenha um número gerenciável de pessoas para que os trabalhos possam alcançar os consensos e abordagens buscadas. No contexto de pandemia de Covid-19, o processo de escuta está acontecendo de modo presencial ou virtual. As escolhas estão sendo tomadas sob um rigoroso cumprimento das regras oficiais locais e protocolos eclesiais aplicáveis em cada local e em cada situação específica. O processo de escuta leva em conta o Guia Metodológico que está orientando toda a consulta ao povo de Deus.

A Assembleia Eclesial responderá a seguinte questão geradora: Quais são os novos desafios para a Igreja na América Latina e no Caribe, à luz da V Conferência Geral de Aparecida, dos sinais dos tempos e do Magistério do Papa Francisco? Portanto, este processo é uma oportunidade para se perceber os avanços e as tarefas que ficaram pendentes desde a Conferência de Aparecida. Tal processo amplo e sinodal suscitará profundas reflexões comunitárias. A consulta ao povo de Deus iniciou em abril e segue até 31 de agosto.

Pe. Alcides Albony Amaral
Coordenação Arquidiocesana de Pastoral

Como participar:

A escuta é uma proposta aberta a todos, na qual é possível participar através de atividades comunitárias, fóruns temáticos e contribuições individuais, com inscrições feitas através da utilização de uma plataforma de colaboração on-line, no website da Assembleia Eclesial (asambleaeclesial.lat/escucha), na seção “Escuta”. É necessário um cadastro no endereço para oferecer a contribuição na plataforma.

Para o processo foram elaborados materiais que já se encontram disponíveis no site da Assembleia da América Latina e do Caribe. O Documento para o Caminho em português está organizado no método pastoral de “ver”, “julgar” ou “iluminar” e “agir”.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*