Os 50 anos da Renovação Carismática Católica foram celebrados em Sessão Comemorativa realizada na Câmara de Vereadores de São José na noite da última quinta-feira (6). A reunião, proposta pelo vereador Caê Martins (PSD), prestou homenagem a diversas personalidades da RCC josefense e da Arquidiocese de Florianópolis.

A data é celebrada ao redor do mundo, no entanto, os 50 anos do movimento no Brasil serão festejados em 2019. “No nosso país, a Renovação Carismática Católica começou em Campinas (SP), em 1969”, explica o Pe. Leandro José Rech, assistente eclesiástico da RCC na Arquidiocese de Florianópolis.
Já a Presidente do Conselho Arquidiocesano da Renovação Carismática Católica, Lidiane da Silva Cunha lembrou a grande quantidade de grupos de oração no país e na Capital. “Em 2014, eram 12 mil grupos de oração, sendo 200 em Florianópolis e ainda 15 ministérios”, salientou, tendo a fala completada pelo representante da Forania de São José, Romeu Mendes: “Cada grupo tem cerca de 45 a 60 pessoas, o que movimenta de 08 mil a 10 mil pessoas na região”, destacou.
Proponente da Sessão Comemorativa, o vereador Caê Martins recordou sua iniciação no movimento em 1998 e o papel da RCC na sociedade. “São 50 anos de corrente de graça, ultrapassando os limites da igreja e atingindo milhões de cidadãos ao redor do mundo com obras sociais frutos dessa corrente de Deus”, disse. 
Por fim, o parlamentar ressaltou a importância de o Legislativo reverenciar entidades e suas causas, além do fato de aproximar a sociedade da Câmara Municipal de São José.
Compuseram a Mesa de Trabalho, os vereadores Orvino Coelho de Ávila (presidente da Câmara de Vereadores de São José) e Sanderson de Jesus. Também esteve presente o vice-prefeito Neri Amaral e o servidor estadual Arão Josino da Silva, representando o governador Raimundo Colombo.
Homenageados
  • Melita Maria Joenck
  • Lindaura Maria Feltrin
  • Regina Célia Calomeno
  • Domingos José do Nascimento
  • Padre Helio da Cunha
  • Edna Maria da Silva dos Santos
  • Jucélio Miguel dos Santos
  • Maria de Lourdes Rodrigues
  • Simone Pereira
O movimento
A Renovação Carismática Católica surgiu em 1967 na Universidade de Duquesne, na Pensilvânia, Estados Unidos, enquanto um grupo de estudantes participava de um retiro. De lá, o movimento disseminou-se por todo o mundo. A RCC baseia-se nos carismas do Espírito Santo e no encontro pessoal com Deus, promovendo uma constante renovação espiritual.
No Brasil, a Renovação Carismática surgiu na cidade de Campinas (SP) e, a partir de 1980, consolidou-se institucionalmente ampliando-se dentro da igreja como uma nova “onda” de evangelização. Em São José, a RCC ganhou força na década de 90, na Paróquia Santo Antônio, em Campinas e posteriormente se expandindo para outras regiões.
Por Henrique Santos da Silva – Jornalista – Câmara Municipal de São José e Jornalista Ana Vilela

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*