Está à disposição dos leitores, o novo livro de autoria do Pe. Eder Claudio Celva, que tem como título: “Padre Guilherme Kleine, amigo de Brusque”.

O formador do Seminário Menor Nossa Senhora de Lourdes, de Brusque, Pe. Eder, explica que a pesquisa deste livro tem uma história relativamente longa. “Nasceu de uma admiração e de uma justa gratidão pelo legado deixado por um homem bom, Pe. Guilherme Kleine. É este legado que me estimulou a me dedicar a este texto. Acrescenta-se a isto que Azambuja, onde ele atuou especificamente é onde trabalho atualmente e cada obra de meu campo de serviço tem as marcas indeléveis deste sacerdote de nosso clero”, explica o autor do livro.

Padre Eder comenta também que se não tivesse tido a graça de, como sacerdote jovem, estar na missão de formador do Seminário Metropolitano e de Vigário do Santuário, exercendo o ministério em Azambuja, certamente este livro não teria nascido ou ao menos não agora.

O amigo de Brusque, Pe. Kleine, era alemão de nascimento, brasileiro por adoção e brusquense de coração! Brusque deve olhar com gratidão para este conhecido padre, pois recebeu muito deste homem que adotou o município como a segunda pátria.

Soube ir além da sacristia, sendo respeitado e ouvido por todos, inclusive de outros credos. Padre Kleine trabalhou por todos os brusquenses! Não há brusquense que possa dizer que não tem nada a ver com Azambuja! “Se tem ligação com Azambuja, a tem com os padres, com a Arquidiocese de Florianópolis, com a Igreja; a tem com Monsenhor Guilherme Kleine, um dos maiores amigos que Brusque e região já tiveram”, afirma o autor.

O livro, de 240 páginas, pode ser encontrado em algumas livrarias de Brusque e na secretaria do Seminário de Azambuja.

Matéria publicada na edição de maio de 2018, do Jornal da Arquidiocese, pág. 09.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*