(Criada a 21 de janeiro de 1967)

CNPJ 83.932.343/0006-26

Endereço:  Rua 1400, 492, Centro – 88330-530 – Balneário Camboriú (SC)
Fone/Fax: (47) 3367-0847
E-mail: [email protected]

Expediente:
Terça a sexta: das 8h às 12h e das 13h30 às 18h30
Sábado: das 8h às 12h

Secretária: Alexandra Jensen
Secretária da Catequese: Eloise Aranha Cobra

 

Site: www.igrejasantaines.com
Facebook: Paróquia Santa Inês – Balneário Camboriú
Instagram: @santainesbc

 

Pároco: Pe. Frei Daniel Dellandrea, OFM
Vigários: Pe. Frei Conrado Lindmeier, OFM, Pe. Frei Clauzemir Makximivitz, OFM e Pe. Frei Lindolfo Jasper, OFM
Diácono: Alberto Bussolaro

 

Comunidade

Padroeiro(a)                                                                           Localidade                                             Criação

1    Matriz: Santa Inês                                                      Centro                                                      1967

2    Santa Catarina de Alexandria                              Bairro dos Estados                               2003

HISTORICO

Criada em 21 de Janeiro de 1967

Em 10 de fevereiro de 1933, uma carta do então Vigário de Camboriú comunicava à Cúria Metropolitana que “os Padres Franciscanos de Blumenau estão construindo um prédio assaz vasto, todo de madeira, no lugar chamado Praia do Camboriú”. Diz ainda a missiva que a finalidade da casa é servir de casa de recreio para os alunos do ginásio dirigido por aqueles Padres, em Blumenau, mas que será também construído um salão, com aproximadamente 120 m², para servir de capela ou oratório público.

A Capela de Santa Inês, então pertencente à Paróquia Divino Espírito Santo, de Camboriú, foi criada em 1957.
A 8 de abril de 1964, a Lei nº 960 cria o Município de Balneário Camboriú.Com o desenvolvimento turístico da região, sentiu-se a necessidade de se criar ali uma nova Paróquia, o que efetivamente aconteceu, por Decreto de Dom Afonso Niehues, então Arcebispo Coadjutor e Administrador Apostólico, datado de 21 de janeiro de 1967.

Criada a Paróquia, foi a mesma entregue aos cuidados dos Padres Franciscanos, tendo sido designado como primeiro Pároco, Frei Mário Guidarini OFM.

Tão logo assumiu os trabalhos da Paróquia, Frei Mário sentiu a necessidade urgente de construir uma nova Igreja Matriz. Foi então encomendado ao renomado Arquiteto Rubens Meisters, um projeto arrojado, em formato de tarrafa em queda.Pelo seu formato, a Matriz tornou-se conhecida como a “Igreja do Chapéu”.