Aconteceu nos dias 28,29 e 30 de setembro, no Centro de Estudos do Sumaré, no Rio de Janeiro o XIX Encontro Nacional da Pastoral da Educação que teve como tema: “O atual cenário da Educação Brasileira e as perspectivas para a Pastoral da Educação”.

O encontro contou com a presença de Dom João Justino de Medeiros Silva, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação, Dom Júlio Endi Akamine, Bispo Referencial para a Pastoral da Cultura e Educação, dos conferencistas Pe. Marcos Sandrini e Pe. Agamenilton,  além de outros bispos, sacerdotes, diáconos, religiosas e leigos de todas as regiões do Brasil, totalizando cerca de 100 participantes.

 

A Arquidiocese de Florianópolis foi representada pelo leigo e educador Ricardo Marques, coordenador do Serviço de Pastoral Escolar do Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima.

Desejamos em nossa Arquidiocese, de modo organizado e sistematizado, dar os primeiros passos para a  implementação da Pastoral da Educação, que tem por objetivos:

 

“- Promover, articular, animar e organizar processos e ações pastorais nos diversos âmbitos educativos (escolas públicas, escolas confessionais, projetos de educação popular, ações educacionais nas paróquias, etc.) com a finalidade de anunciar, testemunhar e seguir Jesus Cristo, constituindo-se em sinal do Reino de Deus e contribuindo na promoção de seres humanos fraternos, justos, conscientes, responsáveis e éticos.

– Incentivar os educadores católicos (que atuam nas escolas públicas, privadas e confessionais) para o protagonismo no processo de evangelização na esfera da educação.

– Promover a formação cristã dos agentes da Pastoral da Educação na esfera da fé, da metodologia, da práxis e da celebração.

– Aprofundar a formação na fé dos educadores católicos.

– Favorecer o conhecimento da realidade educacional brasileira por parte da comunidade eclesial.

– Promover e apoiar políticas públicas de educação.” 

 

Almejamos que, como um fruto concreto do Ano Nacional do Laicato consigamos implantar em nossa Arquidiocese esta tão importante e urgente Pastoral, esforçando-nos para tornar “possível o desenvolvimento de um conhecimento que harmoniza fé, ciência, verdade e vida. Esse conhecimento, elevado ao nível da sabedoria cristã, é caminho seguro para o desenvolvimento de uma sociedade pautada em valores sólidos”

 

Por Ricardo Marques

Fonte das citações:

CNBB/Igreja e Sociedade em Diálogo: Como implantar a Pastoral da Cultura, Educação e Universitária. Como dinamizar o Ensino Religioso. Edições CNBB.2013.p.24,25

1 Comentários, RSS

  • Nelson Paulo

    diz em:
    11 de novembro de 2018 às 01:40

    SUGIRO Uma parceria com a igreja em Angola para instituirmos a pastoral da Educação em Angola

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*