A publicação do documento sobre a Formação Presbiteral, intitulado Pastores Dabo Vobis (1992) abriu novas perspectivas sobre a formação dos sacerdotes nas circunstâncias atuais.

O documento papal foi bem recebido em Florianópolis, tanto que no ano seguinte, em 27 de dezembro de 1993, o Arcebispo Dom Eusébio Oscar Scheid criava o Seminário Propedêutico. Preparou-se para acolher a Casa de Formação o antigo “Instituto São José”, em Barreiros, São José, propriedade anteriormente pertencente aos padres dos Sagrados Corações. O primeiro reitor – que também coordenava a casa de retiros – foi o Monsenhor Agostinho Stahelin.

O Propedêutico ali não permaneceria. Era também um local impróprio: Casa de Retiros, Centro de Formação, cujas responsabilidades estavam a cargo do Reitor. Monsenhor Agostinho seria nomeado pároco da Paróquia São Judas, a saída foi transferi-lo, em 1996, para o Seminário de Azambuja. Alocados num dos dormitórios do quarto andar, sem formador específico, ficaram os propedeutas, com poucas atenções reservadas à especificidade da etapa. No ano seguinte, o Seminário passava à Casa Paroquial do Santuário Nossa Senhora de Fátima. A experiência mostrava que a simbiose, Casa paroquial e SAeminário, também não eram ideais. A partir de 2001, passaria a ocupar novamente o seminário de Azambuja, passando a ser acompanhado – segundo os registros – pela Equipe dos Padres da Casa.

O ano de 2009 foi de reflexão. Queria-se dotar o Seminário Propedêutico com uma casa própria. Em 1º de janeiro de 2010, o Arcebispo Dom Murilo Krieger aproveitaria o ensejo, levaria o Seminário Propedêutico para Camboriú e também decretaria um nome para a etapa: Seminário Propedêutico de Monsenhor Valentim Loch.

No quadriênio de 2010 a 2013 foi reitor o Pe. Josemar Silva. Foi nesta fase – 2013 – que o seminário mudou de local indo ocupar imóvel da Arquidiocese, em Ponta de Baixo, São José.  Nos anos de 2014 a 2018, a reitoria foi ocupada pelo Pe. Wellington Cristiano da Silva. A partir de janeiro de 2019, passará o cargo ao Reitor, o Pe. Eduardo Cardozo de Senna.

O Seminário Propedêutico é uma das etapas dos jovens que anseiam pela vocação sacerdotal.

Parabéns ao seminário, por ajudar na formação de novos padres, há 25 anos!

Por Pe. Eder Claudio Celva
Vice Reitor do Seminário Menor Nossa Senhora de Lourdes

1 Comentários, RSS

  • Luiz carlos de oliveira

    diz em:
    13 de fevereiro de 2019 às 11:11

    Que este lar continui a fazer nos jovens essa ponte ao conhecimemto de sua vocacao quer sejam cada vez mas acolhidos e tenham s vocacao dercinida com zelo e amor a Crusto

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*