O Santuário Santa Paulina, comemora 13 anos de dedicação no próximo dia 22 de janeiro. Para celebrar este momento histórico, será realizado uma programação no próximo domingo, dia 20. O intuito é agradecer e celebrar o aniversário da Casa de Santa Paulina, visitada por milhares de devotos e peregrinos anualmente.

A programação do domingo contará com missas, às 6h, transmitida pelas TVs Aparecida e Evangelizar, às 8h, 10h, 14h e às 16h. Os serviços de confissões e bênçãos estarão funcionando normalmente. Haverá também música ao vivo no Centro Comercial do Santuário, das 12h às 16h

Aproximadamente 70 mil pessoas visitam o Santuário por mês. A devoção dos peregrinos a Santa Paulina é vivenciada diariamente no Templo. Irmã Anna Tomelin, diretora do Santuário Santa Paulina destaca a alegria de comemorar os 13 anos do Santuário. “É uma gratidão celebrativa a Deus e a milhares de pessoas que desfrutam deste espaço sagrado. O templo é uma tenda de encontros: com Deus, com as pessoas e com a exuberante natureza, onde emergem sentimentos, emoções, suplicas ao Criador, por intercessão de Santa Paulina. É uma experiência de fé, de gratidão, de compromisso com a vida. ‘Que alegria quando me disseram: vamos à casa de Deus’ (SL 122)

Sobre a Dedicação do Santuário

O Santuário Santa Paulina levou 924 dias para ser construído, com início das obras no dia 14 de julho de 2003, com a cravação da primeira estaca para as fundações. Dali em diante foram dias de intenso trabalho.

O arquiteto e urbanista da cidade de Balneário Camboriú, Paulo Henrique Herwig, acompanhou a construção do Santuário Santa Paulina de perto e descreve o carisma de Santa Paulina acrescentados na obra. “Para a concepção do Projeto, nosso principal objetivo foi retratar a trajetória de vida de Santa Paulina: uma mulher simples e humilde, com valores sólidos e puros, e de imensa espiritualidade e bondade”.

No dia 22 de janeiro de 2006, foi celebrado a inauguração do Santuário dedicado a primeira Santa do Brasil, com presença das autoridades do estado de Santa Catarina, mais de 300 Irmãzinhas da Imaculada Conceição, centenas de religiosos e religiosas e milhares de devotos e peregrinos. A celebração foi presidida pelo então Arcebispo na época, Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger e durante a solenidade foi realizada a leitura da carta enviada pelo Papa Bento XVI, sobre a importância do Santuário para a Evangelização.

Texto: Guilherme Melim
Fotos: Assessoria de Comunicação e Marketing do Santuário Santa Paulina

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*