58f16f1b-adca-4fcc-b019-eb12f4789a80A Comissão Regional da Pastoral Familiar Sul IV reuniu-se em Xanxerê, de 04 a 06 de março, com a participação de representantes das dez dioceses e do Bispo Referencial, Dom Wilson Jönck, scj. Além da reunião, foi também proporcionada uma formação específica sobre a preparação para a vida matrimonial, definida como prioridade para este ano.

“Tudo o que fizermos pela família ainda é pouco”, alertou Dom Wilson na abertura do encontro que contou a participação de 130 agentes. Ressaltou ainda que a Pastoral Familiar precisa fazer com que todos descubram “o encanto que é a vida familiar”.

A formação, focada no Setor Pré-Matrimonial, foi apresentada pelo casal Sandra e Jorge, e pela viúva Solange, da Diocese de Apucarana (PR). Eles relataram a importância de que toda a preparação para o matrimônio seja feita tendo como base o Guia da CNBB. E partilharam a experiência da preparação personalizada que fazem em sua diocese.

Nesta forma de preparação, um casal de agente assume o acompanhamento de um casal de noivos por um período de dois a três meses, repassando em encontros personalizados todo o conteúdo do guia. Eles constataram que além de uma melhor formação aos noivos, a preparação personalizada faz com que os mesmos criem um vínculo com suas paróquias.

O Regional Sul IV definiu prosseguir com a formação de agentes, dando especial atenção para a preparação matrimonial e criando como meta que todos os encontros de preparação de noivos tenham no mínimo 10 horas de duração e apresentem os oito temas propostos no guia. Ficou também aberta a possibilidade da implantação gradativa do encontro personalizado.

“Nós acreditamos na família e na importância do amor matrimonial”, afirmou Dom Wilson, considerando que estes novos passos definidos pelo Regional serão de fundamental importância para maior solidez da vida matrimonial.

7eceb30b-15a2-4f21-995b-bcb9fb9f8c62A próxima formação será na Diocese de Rio do Sul, de 03 a 05 de junho, e terá como tema principal, a Exortação Pós Sinodal do Papa Francisco, com as conclusões do Sínodo da Família.

Por: Sarita e Mário Prisco / Coordenação Arquidiocesana de Pastoral Familiar

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*