O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) promove, de 16 a 23 de junho, a 34ª Semana do Migrante, que tem como tema “Migração e Políticas Públicas” e o lema “Acolher, proteger, promover, integrar e celebrar. A luta é todo o dia”.

Como faz há 34 anos, a Semana do Migrante dá continuidade à reflexão da Campanha da Fraternidade, que este ano debateu o tema “Fraternidade e Políticas Públicas”, porém, no sentido da migração no país.

Migrar é um direito humano. Por isso são necessárias políticas públicas coerentes que garantam o direito de toda pessoa, seja qual for a origem e o destino. Ao convite do Papa Francisco, a sociedade é chamada a acolher, proteger, promover e integrar o migrante.

Na América do Sul, o Brasil está na terceira posição como o país que mais recebe imigrantes.  Em Santa Catarina, o primeiro Centro de Referência de Atendimento ao Imigrante (CRAI), que funciona através de um convênio firmado com a Ação Social Arquidiocesana (ASA) e a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, atendeu em um ano de funcionamento, mais de cinco mil pessoas, de 57 nacionalidades, realizando 8.174 procedimentos.

Confira a programação da Semana Nacional do Migrante na Arquidiocese:

25/06: Feira dos Migrantes no Largo da Catedral durante todo dia

25/06: Caminhada em prol dos migrantes promovida pela Cáritas SC. Saída do CRAI até a Catedral

29/06: Pedal humanitário (de manhã). Saída da Beira Mar até o Parque de Coqueiros

29/06, às 16h: Cine debate no Capitão Gourmet sobre América Latina

30/06, às 10h: Missa em espanhol seguida de uma confraternização na Paróquia Santa Terezinha

14, 28/06, às 19h: Cine Paredão na UFSC com a temática “Migração e Refúgio”

Mais informações: spm-sc.com e Facebook: @spm.sul4

Matéria publicada na edição de junho de 2019 do Jornal da Arquidiocese, pág. 10.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*