(Março) a-cruz-esta-vaziaLectio (leitura)

E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa (Mt 6,18b).

Meditatio (meditação)

Condenando toda espécie de hipocrisia e vaidade, que camufla a verdade e destrói a gratuidade cristã, Jesus nos ensina a interiorizar nossos compromissos quaresmais. A esmola, a oração e o jejum possuem sua validade cristã quando realizados mediante uma atitude interior de sincera conversão em relação a Deus e aos nossos irmãos. Realizar essas obras apenas “para ser visto pelos homens” (Mt 6,1) é distorcer a justiça e buscar tão somente elogios e aplausos para satisfação de desejos egoístas e mesquinhos. O bem praticado só precisa do reconhecimento de Deus, que avalia nossa consciência e nossas profundas intenções. Costumo, realmente, fazer o bem sem esperar nada em troca? Procuro ser discreto em minhas práticas de solidariedade e fé ou as realizo buscando reconhecimento?

Oratio (oração)

Concede-me, ó Deus clemente e misericordioso, neste tempo quaresmal, a graça de intensificar meus momentos de oração, impulsionar minhas obras de caridade e de renunciar o apego aos bens materiais e aos desejos egoístas.

Contemplatio (contemplação)

Voltemos nossos olhos para o Alto na busca de intimidade com o Pai, que vê o que está escondido no mais íntimo do nosso coração.

Missio (missão)

As três práticas intensificadas neste tempo quaresmal são três colunas da vivência cristã que remetem a nossa relação com os outros (esmola), com Deus (oração) e com as coisas (jejum). A nossa vida é marcada por essas três relações fundamentais. O grande conselho de Jesus é que todo bem que façamos seja visto apenas pelo Pai. Façamos, nesta Quaresma, o firme propósito de estar a serviço das pessoas que tanto necessitam, realizando o bem sem olhar a quem. Que este tempo forte de oração, fraternidade e desprendimento seja um sinal concreto de nossa solidariedade para os que mais sofrem.

Por Pe. Wellington Cristiano da Silva

Artigo publicado na edição nº 210 do Jornal da Arquidiocese

Março de 2015

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*