Aprofundar a reflexão da missão ad gentes é o principal objetivo do encontro que ocorreu dos dias 31 de março a 2 de abril, em que reuniu bispos, padres, religiosos, religiosas, leigos e leigas, no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília, para falar sobre a missão ad gentes.

Representando a Arquidiocese de Florianópolis, Pe. Márcio Vignoli, fundador da Comunidade Divino Oleiro, falou sobre o o tema no encontro. O missionário da comunidade, Walter, também esteve com o presbítero. Na ocasião, ele partilhou sua experiência como missionário em Guiné Bissau.

Em sintonia com o Mês Missionário Extraordinário e dando continuidade à primeira experiência vivenciada no ano passado, o encontro da missão ad gentesfoi construído através da parceria entre a Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, as Pontifícias Obras Missionárias (POM), Centro Cultural Missionário (CCM) e a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB).

Pe. Antônio Niemiec, assessor da Comissão Missionária da CNBB, destaca que existe uma boa participação com experiência na missão além-fronteiras. “Temos a presença de 39 pessoas, representando 14 congregações, 8 regionais, assim como, pela primeira vez, a presença de comunidades de vida. Isso é uma riqueza na diversidade de participantes como também de experiências missionárias. Estamos ajudando a Igreja do Brasil a olhar para aquilo que é a essência da Igreja, que é a missão universal” destacou Pe. Antônio.

Entre os objetivos estão a partilha, avaliação e aprofundamento das experiências missionárias além-fronteiras e os projetos ad gentes assumidos e sustentados pelos Regionais da CNBB, bem como pelas Dioceses, Congregações, Institutos religiosos e Novas Comunidades. O encontro também quer motivar outros Regionais, Dioceses e Congregações para a abertura à missão ad gentes, assim como oferecer contribuições para o Programa Missionário Nacional.

Colaboração: POM

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*