Foto: Fernanda Brüggemann

No domingo, 06, aproximadamente mil pessoas estiveram no Centro de Atenção a Terceira Idade (CATI), bairro Praia Comprida, São José, para a sexta edição do Festival da Família. O encontro, promovido pela Comissão Arquidiocesana para a Vida e Família (CAVF), teve por objetivo celebrar o Dia Internacional das Famílias.

 

Foto: Fernanda Brüggemann

O ponto alto do festival ocorreu às 10h, com a Missa presidida pelo Arcebispo, Dom Wilson Tadeu Jönck. Na homilia, o Arcebispo destacou que “falando de família, de casamento, a palavra central é amor. E o que é o amor? O amor é viver para o outro. A coisa mais importante no mundo e o que dá sentido, alegria, mesmo com àquelas circunstâncias que nos fazem sofrer, é o amor. O amor é capaz de ser manifestado de verdade, quando alguém é capaz de sofrer pelo outro”. E prosseguiu ao questionar: “o que tem a família com isso? A família é fruto deste amor. A família é aquele núcleo que educa as pessoas para adquirir este modo de amar. Esta é a grande missão na família na sociedade. E buscar o amor de Deus é fundamental para cada pessoa e para a família”.

 

Padre Olívio. Foto: Ricardo Righetto

Casal José Antônio Eli e a esposa Maristela, com o filho. Foto: Fernanda Brüggemann

José Antônio Eli e a esposa Maristela, da Pastoral Familiar da Paróquia São José, participam todos os anos do evento. “Também fazemos parte do Movimento de Cursilhos e a meta é sempre estar evangelizando os ambientes. O primeiro ambiente é a igreja doméstica, ou seja, a família. E esse evento contribui para que cada um de nós, enquanto família, nos evangelizamos uns aos outros”, disse José Antônio.

A novidade deste ano para o almoço foram os alimentos vendidos por food truck’s, na área externa do CATI. Para a servidora pública e membro do Movimento de Emaús, Viviane Rodrigues Vieira, 39, que todo ano participa “o festival é uma lembrança de que a gente precisa valorizar a família”.

Veja as fotos neste link.

Casal Nilo e Eluiz Momm

À tarde, diversas apresentações musicais, atividades recreativas para crianças e barracas com atividades dos grupos do Setor Vida e Família da Arquidiocese, animaram as famílias presentes no evento.

“O 6º festival da Família congregou muitas famílias para a Missa, presidida por Dom Wilson, e para uma jornada de eventos musicais e culturais. Foi contagiante a alegria das crianças e o clima de amizade que reinava no ambiente. O espaço amplo, coberto e bem arejado favoreceu a boa realização de todas as atividades propostas. Parabéns a toda organização, aos movimentos e pastorais ligados às famílias, porque deram o exemplo de como eles, nesse Ano do Laicato, manifestam concretamente a organização e a espiritualidade do leigo na Igreja e na sociedade, especialmente pela família”, afirmou o assessor eclesiástico da CAVF e da Pastoral Familiar, Pe. Gilson Meurer.

Padre Gilson. Foto: Fernanda Brüggemann

Para Eluiza Momm, que juntamente com o esposo, Nilo Momm, coordenam a comissão e o evento, o domingo em família foi um presente de Deus. “A gente fez o nosso tudo para a realização desta festa. Mostrar a cara da família, que temos voz e vez. Mesmo diante do mundo tão conturbado, precisamos de alegria e da presença da família”, observou Eluiza.

 

Foto: Murilo Vill

 

 

Obs.: A maior parte do álbum de fotos foi tirada por Fernanda Brüggemann.

Nesta matéria colaboraram os fotógrafos: Ricardo Righetto e Murilo Vill 

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*