A Ação Social Arquidiocesana (ASA) inaugurou no dia 27 de junho, a cozinha comunitária do Centro de Integração Social Santa Dulce dos Pobres, no bairro Vila Aparecida, em Florianópolis. Uma parceria com o Projeto Social Vivendo e Aprendendo.

A cozinha comunitária é um projeto de segurança alimentar e nutricional que viabiliza, inicialmente uma vez por semana, o preparo e distribuição de 150 marmitas aos moradores da comunidade da Vila Aparecida e da Maloca. A iniciativa tem o apoio e envolvimento de lideranças comunitárias, organizações da sociedade civil e voluntários.

“Existem outras ações na Vila Aparecida, coordenadas pela ASA, como doação de alimentos e outros projetos sociais estão sendo planejados, com o auxílio de voluntários”, esclarece o técnico de Projetos Sociais da ASA, Luciano Leite da Silva Filho. Ele explica que com a pandemia da COVID-19, muitas famílias ficaram sem renda, e essas ações ajudam a contribui no enfrentamento das questões sociais.

Luciano Leite diz que “nesse momento estamos fazendo todos os sábados, uma média de 150 marmitas, mas por conta do volume de doações, cremos que vamos aumentar para duas ou até três vezes na semana essa entrega”.

O planejamento do Centro de Integração Social

O Centro de Integração Social Santa Dulce dos Pobres, no bairro Vila Aparecida, planeja aumentar suas ações. “Todas às quartas-feiras nos reunimos para fazer o planejamento estratégico do Centro de Integração Social, avaliando o que é viável iniciar neste momento, atendendo a necessidade da comunidade. Trabalhamos na perspectiva de desenvolver projetos sociais autossustentáveis”, revela Luciano.

O Centro de Integração Social conta com a parceria de um grupo de extensão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ligado à área da saúde, o Projeto Vivendo e Aprendendo e do Instituto Padre Vilson Groh, com a doação de alimentos e desenvolvimento dos projetos.

O técnico de Projetos Sociais da ASA explica que existam indicativos para as próximas ações, como “uma padaria comunitária e oficina de costura, o que geraria renda para as pessoas e recursos para os projetos do Centro de Integração Social”.

Para fazer doações ou ser voluntário da cozinha comunitária, basta entrar em contato: (48)  3224-8776.

Informações e fotos: Comunicação ASA

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*