unnamed (2)Atendendo a um pedido do Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, scj, feito à Comunidade Católica Divino Oleiro, o Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, scj, abençoou e enviou um grupo de missionários para a Arquidiocese de Salvador, na Bahia.

Os missionários – consagrados da Comunidade Divino Oleiro – terão a missão de administrar, zelar e conduzir todos os trabalhos realizados no Centro de Treinamento de Lideranças (CTL), localizado na Ilha de Itaparica – Bahia

A nova missão foi inaugurada no dia 25 de março, Solenidade da Anunciação do Senhor, em Missa realizada no Centro de Treinamentos de Itaparica, presidida por Dom Murilo e concelebrada pelo bispo auxiliar de Salvador, Dom Estevam dos Santos e pelos padres: Ricardo Henrique Oliveira, José Carlos Santana, José Hamilton Viana, Arenilton Vilarindo e o fundador da Comunidade Divino Oleiro, Pe. Márcio Alexandre Vignoli. A Missa também celebrava os seis anos de pastoreio de Dom Murilo, em Salvador.unnamed (8)

Em sua homilia, Dom Murilo agradeceu a Dom Wilson pelo envio dos missionários, saudou Pe. Marcio e o missionário Sedemir Melo, que vieram para a instalação da nova casa da Divino Oleiro, que vai se chamar “Fraternidade São Francisco”. E acolheu os missionários Mauricio Feliciano, Mirella Santos, Rubia Brambila e Walter Brandão, que irão assumir essa nova missão. Dom Murilo lembrou de que os Estatutos da Comunidade foram aprovados quando ele era Arcebispo em Florianópolis, falou da sua imensa alegria em receber essa fraternidade e disse que já era um sonho antigo seu, ter uma casa da Divino Oleiro na Arquidiocese de Salvador, “quis o Senhor, que o tempo fosse este”.

Dom Murilo e Padre Márcio, em Itaparica.

Dom Murilo e Padre Márcio, em Itaparica.

Para o bispo auxiliar, Dom Estevam, “Os quatro jovens membros da comunidade Divino Oleiro, são sinais da bondade e do projeto de Deus que vem vitalizar a sua obra. O CTL de Itaparica continuará sendo um local de transfiguração para todos os retirantes, para todas as paróquias, toda Ilha, Recôncavo e Arquidiocese. Desejamos que as paróquias, os padres, pastorais e movimentos se sintam ainda mais acolhidos e amados nesta casa de nossa Arquidiocese”.

unnamed (1)

Dom Murilo e o missionário Sedemir

Esta é a quinta casa de missão da Divino Oleiro, que já tem suas fraternidades em Florianópolis, Gov. Celso Ramos, Camboriú e Guiné Bissau, na África.

Por Sedemir Melo – missionário da Divino Oleiro

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*