Durante a 28ª Assembleia de Pastoral foram aprovados diversos projetos para a ação evangelizadora para os próximos anos. Os trabalhos se desenvolveram a partir do 13º Plano de Pastoral da Arquidiocese, aprovado em 2012.

Conforme previsto no Plano de Pastoral a Assembleia aprovou o novo Mapa da Arquidiocese, ou seja, as 70 paróquias que compõem a Arquidiocese e que estavam organizadas em oito Comarcas agora foram redistribuídas e serão 13, ou seja, foram criadas cinco novas Comarcas.

Além de aumentar o número de Comarcas de oito para 13, a Assembleia decidiu mudar o nome e a forma de organização das mesmas conforme propõe o Código de Direito Canônico que diz: “Toda diocese ou outra Igreja Particular seja dividida em partes distintas ou paróquias. Para promover o cuidado pastoral mediante cooperação, diversas paróquias mais próximas podem unir-se em entidades especiais, como os Vicariatos Forâneos” (Can. 374). Sendo assim, a Assembleia decidiu que a as Comarcas passam a ser denominadas Foranias.

Para cada Forania, o Bispo nomeará um presbítero para o ofício de Vigário Forâneo que tem o direito e o dever de promover e coordenar a atividade pastoral comum na Forania.

Durante o mês de agosto ocorreram reuniões dos Conselhos Comarcais de Pastoral de acordo com a antiga organização. Em outubro, as 13 novas Foranias realizaram as primeiras reuniões de acordo com a nova organização para encaminhar o planejamento e o cronograma para 2015.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*