1- Que é a Animação Bíblica da Pastoral

A Sagrada Escritura, fonte de toda a evangelização, tem também como finalidade a animação bíblica da pastoral do povo de Deus. Assim, a Palavra de Deus, contida na Sagrada Escritura, suscite, forme e acompanhe a vocação e a missão dos discípulos e discípulas de Jesus Cristo. Dê conteúdo às ações organizadas da Igreja em sua missão de cumprir o mandato de Jesus: “Ide, pois e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28,19a).

É preciso entender, construir e assumir a Palavra de Deus como a alma, o coração de toda a pastoral.

 2- Desafios da Animação Bíblica da Pastoral

  • Recuperar para todos os fiéis a riqueza da Escritura como alimento imprescindível que o Senhor Jesus (cabeça da Igreja) oferece a seu corpo (a Igreja).
  • Formar adequadamente o povo de Deus para a centralidade da Palavra na vida pastoral.
  • Conhecer de forma profunda e vivencial a Palavra de Deus.
  • Escutar e encarnar a Palavra de Deus (Jesus Cristo) que a Sagrada Escritura proporciona.

    3- Funções da Animação Bíblica da Pastoral

  • Oferecer e acompanhar a compreensão dos sentidos genuínos dos textos bíblicos, motivo pelo qual deve ser escola de interpretação ou de conhecimento da Palavra de Deus.
  • Ajudar e ensinar o/a discípulo/a missionário/a atualizar a Palavra de Deus mediante o diálogo permanente com Jesus Cristo, e por isso deve ser escola de comunhão e oração.
  • Educar os/as discípulos/as para a proclamação da Palavra e para pô-la em prática, ou seja, para concretizá-la em motivações, afetos e condutas que correspondam aos sentimentos de Jesus (Fl 2,5); por isso deve ser escola de evangelização inculturada.

4- Dimensões da Animação Bíblica da Pastoral

  • A ABP busca que o encontro com o Verbo de Deus mediante a Sagrada Escritura, que é compreendida, rezada e vivida, seja caminho de comunhão com Jesus e com os seus, guie os processos de conversão pessoal e pastoral, e seja modelo de missionário e conteúdo da missão.
  • “A Escritura cumpre seu papel de efetiva mediação quando é lida como Palavra de Deus escrita por inspiração do Espírito Santo que testemunha a história salvífica de um Deus que ama e aposta tudo por causa do ser humano. Por isso mesmo, é indispensável propor aos fiéis a Palavra de Deus como um dom do Pai para o encontro com Jesus Cristo vivo, caminho de autêntica conversão e de renovada comunhão e solidariedade. O caminho de encontro com Jesus Cristo mediante a Escritura exige, como ensina Bento XVI, o conhecimento profundo e vivencial da Palavra de Deus.” (Retamales em a Animação Bíblica da Pastoral)
  • “A animação Bíblica da Pastoral, satisfaz a permanente necessidade dos discípulos missionários de Jesus de nutrir-se com o pão da Palavra mediante “a interpretação adequada dos textos bíblicos, de seu emprego como mediação de diálogo com Jesus Cristo e como alma da própria evangelização e do anúncio de Jesus para todos.” (Retamales em a Animação Bíblica da Pastoral)

 5- Como organizar a ABP

  • Para iniciar é necessário a formação de uma comissão, nos diversos níveis eclesiais, para dinamizar a ABP. É imprescindível viver a ABP a partir da experiência comunitária, celebrativa e solidária.
  • A ABP convida para o acolhimento e a valorização das experiências bíblicas de cada pastoral e para criar novas relações entre a Palavra de Deus e a Pastoral Orgânica da Igreja.

 6- A Palavra de Deus é:

  • Alma de toda pastoral Rm 10,8
  • Centro de toda atividade eclesial Mc 16,15
  • Coração da vida cristã Dt 6,4-9
  • Luz (farol) para nossos passos Sl 119,5
  • Seiva da árvore da vida plena 1Pd 1,23
  • Rocha sobre a qual se constrói a casa Mt 7,24
  • Sangue do corpo de Cristo: o povo de Deus I Ts 2,13
  • Fonte de vida, justiça e paz II Tim3,14-17
  • Alimento dos agentes do Reino de Deus Mt 4,4
  • Força do discípulo missionário Ef 6,17
  • Contato que atinge toda a vida Hb 4, 12-13
  • Fio condutor no caminho da fraternidade universal Tt 3,8
  • Lugar privilegiado de encontro com Jesus Cristo I Jo 1,1-4

 Algumas Propostas:

 

  • Estimular e criar condições para que as pessoas cristãs tenham a Bíblia na mão
  • Ajudar a ler corretamente a Escritura
  • Estimular Escolas Bíblicas, Grupos Bíblicos, cursos e semanas bíblicas, mês da Bíblia…
  • Usar a Leitura Orante da Bíblia de caráter comunitário no início de qualquer atividade pastoral;
  • Favorecer o uso freqüente e adequado da Bíblia na catequese;
  • Promover clara e adequada proclamação da Palavra de Deus, na liturgia, por parte dos leitores;
  • Dar mais incentivo para celebrações da Palavra bem- feitas;
  • Realizar celebrações de todos os Sacramentos com a devida proclamação e pregação da Palavra;
  • Promover exercícios espirituais paroquiais centrados na compreensão e interpretação da Palavra;
  • Garantir a realização de encontros ecumênicos em torno da Bíblia.
  • Estimular manifestações artísticas inspiradas na Bíblia: nas artes figurativas, na arquitetura, literatura e música