Aprofundar no verdadeiro sentido do Natal
A solenidade do Natal “é uma expressão do amor infinito de Deus que ‘tanto amou o mundo que nos deu o seu Filho único”, como nos exorta o Diretório sobre a Piedade Popular e a Liturgia da Santa Sé. Por isso devemos ter a consciência de que o Natal não é uma festa comum, seu sentido é profundo. Toda a Igreja celebra o nascimento de Jesus Cristo, que se fez homem para trazer a salvação a humanidade, este é o sentindo verdadeiro do Natal.

Fazer uma reflexão sobre o valor da vida
A vida humana tem sido atacada de tantas formas em nosso tempo, fome, violência, aborto… Somos chamados a refletir sobre o valor sagrado da vida e levar a Boa Nova do nascimento de Jesus aos que perderam a esperança. O Natal é tempo propício para sair do nosso egoísmo e levar a vida a quem mais necessita.

Celebrar com simplicidade
Com a chegada do Natal somos tentados a ceder ao consumismo que é comum neste período. É corriqueiro que a primeira coisa que nos vem à mente quando pensamos nesta festa sejam as compras e os presentes. Porém, é preciso viver o Natal com simplicidade e humildade, assim como Jesus, que mesmo sendo Deus, nasceu em uma estrebaria e foi colocado em uma manjedoura.

Rezar em família
O Natal é uma excelente ocasião para unir a família para rezar. A oração eleva o nosso coração a Deus. Uma boa dica é ler a passagem do nascimento de Jesus segundo São Lucas e incentivar os presentes a refletir e partilhar o que sentem diante da escritura.

Participar da Missa
Somos convidados a participar da missa na véspera e no dia de Natal. A liturgia desta solenidade é bela e nos leva a interiorização do sentido do Natal, em que “o verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14).

Horários das missas de Natal em toda Arquidiocese de Florianópolis.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*