No dia 20 de abril, um tornado com ventos de até 240 km/h devastou localidades de Xanxerê e dos municípios vizinhos de Ponte Serrada e Passos Maia, no oeste de Santa Catarina.

Diante da situação de emergência, a Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina, em parceria com a Diocese de Chapecó, iniciou uma grande mobilização para arrecadar fundos e atender as pessoas atingidas.

A Campanha SOS Xanxerê, amplamente divulgada através das Dioceses, da mídia, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e de outros parceiros, recebeu milhares de doações de todo o país e arrecadou, até o momento, 250 mil reais. A Arquidiocese de Florianópolis elaborou uma carta para motivar uma coleta de apoio às vítimas de Xanxerê. Diversas paróquias, movimentos e pastorais se solidarizaram para ajudar. O dinheiro arrecadado foi encaminhado à Cáritas Regional que servirá diretamente ao apoio da população atingida.

Para garantir a melhor aplicação desse dinheiro no apoio às famílias, a Cáritas manteve diálogo com as lideranças da Diocese de Chapecó e desenvolveu um plano de ação. Entre a organização das equipes, o levantamento das reais necessidades das famílias atingidas e a entrega de todo o material adquirido com os recursos da campanha, a expectativa é de que todas as ações do plano sejam concluídas até outubro deste ano.

“É importante destacar que mesmo com a presença do Estado, continua sendo um desafio o controle social e a organização dos atingidos. É nesse sentido que a Cáritas atua: trabalhando para garantir a essas famílias atingidas seus direitos”, salienta a coordenadora de projetos da Cáritas Regional, Fabiana Gonçalves.

A atuação da Cáritas na prevenção e gestão de emergências

A Entidade tem desenvolvido um trabalho nos últimos oito anos de atuação na gestão de risco e emergências, especialmente no que se refere à resposta e à reconstrução da vida do atingidos.

Para além dos atendimentos emergenciais, a Cáritas desenvolve um trabalho de formação na linha de gestão de riscos e prevenção de desastres nas regiões de Caçador, Rio do Sul e na Arquidiocese de Florianópolis. Esse trabalho consiste em conscientizar as comunidades sobre a percepção do risco e na construção de parcerias com entidades de apoio e com a Defesa Civil.

Paróquias, movimentos e instituições que já contribuíram até este momento com a Campanha, da Arquidiocese de Florianópolis:

– Centro Social São Sebastião – Paróquia São Sebastião, Anitápolis e Infância Missionária local;
– Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, Florianópolis;
– Seminaristas e formadores do Convívio Emaús, Seminários de Azambuja e Propedêutico (São José);
– Paróquia São Bonifácio, São Bonifácio;
– Paróquia Nossa Senhora da Lapa, Ribeirão da Ilha, Florianópolis;
– Paróquia Sagrados Corações, Barreiros, São José;
– Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Antônio Carlos;
– Paróquia Senhor Bom Jesus, de Monte Alegre, Camboriú;
– Paróquia Santíssima Trindade, Florianópolis;
– Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Ingleses, Florianópolis;
– Paróquia Nossa Senhora do Carmo, Coqueiros, Florianópolis;
– Paróquia Sant’Ana e Ação Social Paroquial, Canelinha;
– Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Balneário Camboriú;
– Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, Saco dos Limões, Florianópolis;
– Paróquia Senhor Bom Jesus de Nazaré, Centro de Palhoça;
– Paróquia São Francisco de Assis, Aririú, Palhoça;

Contribua com a Campanha SOS Xanxerê! Basta fazer uma doação em qualquer valor na conta bancária:

Banco do Brasil
Agência 1453-2
Conta Corrente  39.984-1

Com informações de: Cáritas Brasileira Regional Santa Catarina

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*