A Arquidiocese de Florianópolis comemorou a instituição dos ministérios de Leitorado e Acolitato aos seminaristas Dumas Gabriel Silveira Suligo, Rodrigo Laufer, Ricardo José Inácio e Guilherme Acácio Nascimento. A celebração aconteceu no dia 3 de novembro, terça-feira, na Catedral Metropolitana, e foi presidida pelo Arcebispo, Dom Wilson Tadeu Jönck, SCJ. Também estiveram presentes na solenidade o reitor do Seminário Convívio Emaús, Pe. Vânio da Silva; o formador no Seminário Convívio Emaús, Pe. Wellington Cristiano da Silva; o pároco da Catedral, Pe. Davi Antônio Coelho; o pároco da Paróquia São Francisco de Assis, Pe. Timóteo José Steinbach, alguns seminaristas e convidados.

O seminarista Dumas Gabriel Silveira Suligo está no segundo ano de formação e recebeu o ministério de Leitorado. O ministério recebido o capacita a auxiliar na liturgia da palavra, se tornando oficialmente um leitor da Igreja. Já os seminaristas Rodrigo Laufer, Ricardo José Inácio e Guilherme Acácio Nascimento estão no terceiro ano de formação e foram instituídos acólitos. Este é o ministério dado pela Igreja aos seminaristas para auxiliarem o sacerdote e o diácono no altar e na distribuição da Eucaristia. Uma vez tornado acólito, ele passa a ser ministro de eucaristia extraordinário de modo mais permanente na Arquidiocese.

Durante a homilia, Dom Wilson Tadeu Jönck manifestou a sua alegria como pastor da Arquidiocese ao instituir os ministérios aos seminaristas. Ele reforçou que a celebração não deve ser enxergada como mera formalidade, mas um passo importante rumo ao presbiterado. “Os ministérios que vocês estão recebendo hoje são dois pilares que sustentam a vida cristã, o amor a Palavra e o amor a Eucaristia. Eles devem ser colocados a serviço da Igreja e principalmente do povo de Deus”, acrescentou Dom Wilson.   

Confira as fotos da celebração:

 

Fotos: Giovanna Dutra Meyer/ArquiFloripa

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*