Romaria de terra 1A manhã gelada do domingo, 13 de setembro, não foi empecilho para que aproximadamente 10 mil romeiros se reunissem em Timbó Grande, Diocese de Caçador,  para a Romaria do Centenário do Contestado.

O bispo da Diocese de Caçador, Dom Frei Severino Clasen, durante a romaria, destacou que “é preciso dedicação nas pastorais, movimentos eclesiais e sociais; e também, olhar juntos, com fé e esperança, para o povo que sofre, construindo assim um mundo melhor e mais justo”.

Dom João Salm, presidente do Regional Sul 4 da CNBB e Bispo da Diocese de Tubarão, salientou que este “é um momento em que tomamos consciência de uma verdade histórica, pois as lutas fazem parte da história da humanidade; lutas por oportunidades, por aquilo que não concordamos e que não está de acordo com o Evangelho. É uma forma de proclamar em voz alta que não nos conformamos com aquilo que não nos dignifica”.

Romaria da terra 4A Romaria do Centenário do Contestado foi um momento de reflexão sobre as dores e sofrimentos vivenciados pelos caboclos, contando com a presença de diversas pessoas dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo, entre outras regiões do Brasil. Ao decorrer do dia ocorreram celebrações, apresentações, bênçãos, partilhas, finalizando com a Missa.

unnamed (1)

unnamed (2)

Por: Juliana Rodrigues – Pastoral da Comunicação – Diocese de Caçador

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*