img_7784De 02 a 08 de janeiro, o município de Garopaba sediou mais uma edição do Projeto Jesus No Litoral 2017, onde abriu as portas e acolheu os missionários que vieram das dez dioceses de Santa Catarina. Os jovens missionários se preparam antecipadamente e ofertaram suas férias em favor da evangelização no litoral, onde todos que participaram foram profundamente tocados pela mão de Deus. Além disso, as abordagens nas praias e casas foram realizadas.

O JNL SC contou com a presença dos cantores Eliana Ribeiro e Dunga, da Comunidade Canção Nova, e também da Banda Single Core de Joinville.

Na manhã do primeiro dia, os missionários foram acolhidos e alojados. Já no período da tarde na Praça central de Garopaba, em frente à Paróquia São Joaquim, foi realizada uma tarde de evangelização com a pregação da coordenadora estadual do movimento, Luciana Neves, que levou a palavra de Deus e conduziu um momento de abastecimento espiritual para os participantes. Na parte da noite, os missionários receberam a bênção de envio na Missa, presidida pelo Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck, scj.

15781193_1256460424421488_1297597795054414816_nA cada dia, uma programação diferenciada, Missas, shows, grupos de oração em vários locais e luau foram feitos.  Outra atividade que marcou o projeto foi realizada na Praça 21 de Abril, o Cristo Fitness, que levou atividade física para quem estava na praia e às pessoas na região, e no mesmo local foi realizado o Flash Mob do Ministério Jovem Estadual. O encerramento do Jesus No Litoral aconteceu no domingo pela manhã, com a Missa presidida pelo Pe. Cláudio Peters, o orientador espiritual da Renovação Carismática Católica do estado de Santa Catarina.

O jovem Marcelo, da Diocese de Caçador, destacou sua participação no projeto: “Neste Jesus no Litoral, eu aprendi a ter mais intimidade com Deus, se eu clamar todos os dias o Espírito Santo. Nesses últimos dias no JNL, aprendemos muito, foi uma grande experiência”.

“Minha experiência no Jesus No Litoral este ano foi desafiadora, diferente da que tive na edição anterior. Me coloquei no lugar de Jesus, quando Ele foi crucificado, pois em muitos momentos, me via e a outros missionários como se nós estivéssemos sendo ‘humilhados’, passando pelas praias, zombaram e  riram de nós, mas me recordando do que Jesus passou, até a sua morte, e o quanto Ele forte. Me recordava também, de uma música que dizia, se perseguido aqui eu não for, sinceramente um cristão não sou. Então, se eu não fosse perseguido, se não tivesse zombado de nós, talvez não me colocaria no lugar de Deus”, relatou Carina Batista, da Arquidiocese de Florianópolis.15823246_1256987711035426_4327228629170391537_n

A coordenadora Luciana ressaltou que a missão está apenas no início.  “Agora cada jovem sairá para levar este espírito missionário para os locais de onde são. Que possamos levar Jesus nas nossas Dioceses e fazer o Jesus no Litoral se estender durante todo ano”, finalizou.

Assista ao vídeo dos melhores momentos:

Facebook: RCC Arquidiocese de Florianópolis

15895254_1256460377754826_6115384685597967807_n

Fonte: Ministério de Comunicação Social da RCC Arquidiocese de Florianópolis

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*