Procissão Senhor dos Passos (2)Em 1766, uma embarcação que se dirigia para o Rio Grande do Sul atracou na antiga cidade de Desterro, atual Florianópolis, em Santa Catarina. Nela estava uma imagem que se destinava a uma igreja na cidade de Rio Grande (RS). Era uma escultura do Senhor Jesus dos Passos, esculpida em tamanho natural pelo baiano Francisco Chagas. Por três vezes, a embarcação tentou sair da ilha, mas era forçada a voltar devido às fortes tempestades. Os tripulantes do navio atribuíram o evento à vontade do Santo, e deixaram a imagem em Desterro. Assim nasceu a Procissão do Senhor dos Passos, hoje reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial de Santa Catarina.

A Procissão do Senhor Jesus dos Passos representa um momento de profunda religiosidade popular, particularmente visível nos símbolos e rituais da preparação e celebração. Uma devoção que contagia todos os fiéis, como se comprova com a procissão no caminho de sofrimento, crucificação, morte e ressurreição de Cristo, passagem que se revive durante a Semana Santa.

A primeira e mais antiga Procissão do Senhor Jesus dos Passos completa 250 anos em 2016. Ligada à tradicional Irmandade que lhe dá o nome e ao Imperial Hospital de Caridade, teve início no dia 06 de março, sendo que o ápice será no final de semana, dias 12 e 13, em Florianópolis.

Procissão Senhor dos Passos (3)A expectativa é de que nos dois dias, seja superado o número de fieis de 2015, quando reuniu aproximadamente 60 mil pessoas.
Uma equipe do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional vai monitorar a procissão, que já é tombada pelo Conselho Estadual de Cultura como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado desde 2006. E agora busca o registro como Patrimônio Cultural Brasileiro.
Um técnico do IPHAN virá de Brasília para acompanhar a Procissão e redigir o parecer final sobre o registro.

Programação

11 de março

19h – Missa e bênção do Santíssimo Sacramento

Capela Menino Deus

 

12 de março

07h30 – Missa e procissão do carregador

18h – Missa em honra do Senhor Jesus dos Passos

20h – Transladação das imagens do Senhor Jesus dos Passos e de Nossa Senhora das Dores da Capela Menino Deus para a Catedral Metropolitana

 

13 de março

9h30h – Missa na Catedral com a participação da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos – Celebrante: Dom Wilson Tadeu Jönck

16h – Procissão do encontro das imagens do Senhor Jesus dos Passos com a de Nossa Senhora das Dores.

Pregador: Padre Márcio Alexandre Vignoli

 

Mais informações arquifln.org.br/festas-e-procissoes

 

 

 

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*