A Paróquia Senhor Bom Jesus de Nazaré, em Palhoça, iniciou as atividades da Pastoral do Empreendedor, com o apoio e incentivo do pároco, Pe. Leandro José Rech, e suporte da coordenação nacional dessa pastoral.


Os primeiros passos foram dados de forma tímida, em função da pandemia e pela novidade do trabalho pastoral. A equipe paroquial apoiou-se no Compêndio da Doutrina Social da Igreja, que define a empresa e sua finalidade como a “capacidade de servir o bem comum da sociedade mediante a produção de bens e serviços úteis… sem se descuidar dos autênticos valores que permitam o desenvolvimento concreto da pessoa e da sociedade.” No documento, o papel do empresário e do dirigente de empresa tem “uma importância central do ponto de vista social, porque se coloca no coração daquela rede de liames técnicos, comerciais, financeiros, culturais, que caracterizam a empresa moderna”.
Assim, o empresário ou dirigente se empenha em estruturar a atividade profissional nas suas empresas favorecendo a família, especialmente as mães de família no cumprimento das suas funções, com resultados justos em favor das pessoas envolvidas.


Na paróquia, a equipe é formada por um grupo de empreendedores católicos ocupados em evangelizar outros empreendedores através de missas e homilias especiais, visitas, retiros de finais de semana e reuniões periódicas, atendendo demandas e usando linguagens mais adequadas à realidade do empreendedor, onde a inspiração é o Bom Pastor. Quem acompanha e dá a direção espiritual é o pároco.

Sobre a Pastoral do Empreendedor
A Pastoral do Empreendedor nasceu de uma inquietação do coração do Frei Rogério Soares de Almeida, religioso da Ordem de Nossa Senhora das Mercês e, na época, pároco em Salvador. A pastoral começou com um grupo de quatro empreendedores, que foram sendo formados e orientados em 2011.
Hoje, está em mais de 50 paróquias e em 8 dioceses. Saiba mais: www.pastoraldoempreendedor.org.br

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*