A 129º edição da Festa do Divino Espírito Santo que seria realizada neste ano, foi cancelada devido a pandemia do novo coronavírus.

Milhares de pessoas se reúnem todos os anos na igreja matriz da cidade para festejar e celebrar a tradicional Festa do Divino que ocorre há mais de um século. Este ano, porém, a passagem das bandeiras ocorreram de forma diferente. No domingo, 31 de maio, dia de Pentecostes, os padres e festeiros da paróquia, saíram em carro aberto pelas ruas da cidade, entoando músicas, orações e bênçãos para os devotos que aguardavam a carreata em frente as suas casas. Um momento de muita emoção e fé para os fiéis da paróquia.

“Foi emocionante, pois todos os anos somos abençoados com as novenas do Divino Espirito Santo em nosso lar, e com esta pandemia, sentíamos que estava nos faltando algo. Quando soubemos da carreata foi uma emoção sem igual, foi como se a novena estivesse dentro de nossa casa’’, disse a funcionária pública Lucélia Postai Barcelos e seu esposo, Joaci, que são nativos da cidade.

Para o aposentado Osmar Pacheco, que forma uma das lideranças da comunidade São José Operário, “foi um momento lindo, demonstra que a chama da igreja católica ainda está viva e bem acesa. Nesses 38 anos que moro na cidade de Palhoça, foi a primeira vez que presenciei uma carreata como esta”, conta.

À noite, às 19h30, foi celebrada a missa de Pentecostes na igreja matriz, encerrando as festividades do dia.

Texto/Fotos: Pascom/Paróquia Senhor Bom Jesus de Nazaré

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*