Estamos às vésperas de um novo mês, e com ele, a graça de celebrar um dos santos mais populares da Igreja e o padroeiro da paróquia do bairro Aririú, em Palhoça: São Francisco de Assis.

Paro para meditar uma frase que me inspira: Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível. Mas diante de um mundo conturbado, momento de pandemia que parece não ter fim, como posso ser instrumento de vossa paz?

Começando com o que é necessário… é essencial buscar reconhecer nas atitudes do jovem Francisco, que serão meditadas dia após dia, em nossa novena (com vários padres convidados na Igreja Matriz), do dia 25 de setembro a 3 de outubro, a maturidade da sua fé, que se deu no desprendimento às riquezas desse mundo para alcançar triunfo maior, glorificar o próprio Cristo com sua vida. Dia 4, celebraremos um dia festivo, iniciando à primeira hora, na presença de Jesus Eucarístico e com as Laudes Solenes, às 7h da manhã; e depois a noite, a Solene Liturgia, às 20h.

… depois o que é possível… é imprescindível gerar comunhão. O ser humano traz em sua essência, o desejo pela união, a vontade de fazer da sua vida, entrega. Quem vive isolado, não amadurece. Em nossas festividades, teremos momentos únicos de alegria e descontração, como o bingo eletrônico; períodos de acolhida como a reinauguração da Casa São Francisco; horas de comunhão, como o Café Colonial e o tempo de levar também os nossos animais para receber uma benção. Programação intensa, vivida à luz desse grande santo.

…e de repente, você estará fazendo o impossível… quando se vive com intensidade momentos propícios de oração e comunhão, vamos percebendo os sinais da providência divina, da fidelidade do Senhor, e o impossível vai acontecendo… vamos nos tornando instrumentos de paz, artífices da misericórdia do Senhor, levando o amor, onde há ódio; o perdão onde há a ofensa; a união, onde há discórdia. Mas para isso, é necessário nos abrirmos à graça de Deus e ao Seu amor.

Por isso, convidamos você e sua família, a participar das festividades em honra ao nosso padroeiro, dos dias 25 de setembro à 4 de outubro, em nossa Igreja Matriz, no Aririú da Palhoça.

São Francisco de Assis, rogai por nós.

Elaine Vier da Silva/PASCOM Paróquia São Francisco de Assis

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*