Num clima de muita harmonia, alegria e fraternidade, 37 presbíteros da Arquidiocese de Florianópolis participaram, nos dias 14 e 15 de maio, no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos, de mais um encontro de formação permanente. A formação é um fato que se impõe por si mesma. Também o padre sempre tem algo novo a aprender ou rever em sua vida.

O Padre dr. Rafael Alex Lima da Silva, pároco da Paróquia São Judas Tadeu, em São José, e professor da Faculdade Católica de Santa Catarina (FACASC), com competência e serenidade, assessorou o encontro que teve como tema: “Preparação, prática e presidência dos sacramentos na vida pessoal do presbítero”, à luz das novas Orientações Canônico-pastorais para os Sacramentos, recentemente aprovadas.

Padre Antônio Luiz Schmitt, pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus, em Porto Belo, foi um dos participantes do encontro.

“Muitas ideias novas foram apresentadas sobre a importância da Liturgia na vida do padre, articulada com a vida da comunidade, na Assembleia que celebra, vive a sua fé e acolhe a Palavra de Deus. Foram apresentadas situações vividas que vão exigir um pouco mais do padre, na presidência das celebrações, especialmente da Eucaristia e que poderão dar nova visibilidade nessa caminhada de oração e de ação pastoral. Estou gostando muito do encontro, pois já faz 25 anos que concluí o Curso de Teologia e muita coisa já esqueci. O curso é um novo aprendizado e nos atualiza”, afirmou Pe. Antônio.

Que o encontro atinja mesmo que indiretamente, todos os presbíteros da Arquidiocese de Florianópolis, ajudando-os a terem uma postura que responda com qualidade a sua missão de presidentes das celebrações nas igrejas da Arquidiocese de Florianópolis.

Por Pe. Francisco Wloch
Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Azambuja
Reitor do Seminário de Azambuja

2 Comments, RSS

  • Josedete Barreto Santos

    diz em:
    17 de maio de 2019 às 01:40

    Bom está com a Mãe Rainha três vezes admirável

  • Reginaldo de Azara Silva

    diz em:
    16 de maio de 2019 às 11:53

    Uma atitude abençoada deveria ser feito em todas às diocese do Brasil🙏🙏🙏👏👏👏👏👏👏👍

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*