O Asilo Casa Santa Maria dos Anjos, administrado pela Ação Social Paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus de Nazaré, em Palhoça, é um serviço de acolhimento institucional aos moldes de uma

Fachada da Casa Santa Maria dos Anjos. Foto: José Allison Santos

Fachada da Casa Santa Maria dos Anjos. Foto: José Allison Santos

instituição de Longa Permanência, para homens e mulheres. São idosos que apresentam graus diferenciados de dependência psíquica e física. Pessoas que ao longo da vida perderam os vínculos familiares e comunitários.

Atualmente, a instituição atende 24 usuários em um espaço físico que preza por ser um ambiente com características residenciais, acolhedor e muito próximo de um ambiente familiar. Localizado no bairro Caminho Novo, ainda busca se adequar às necessidades físicas dos moradores e oferece condições de habitabilidade e privacidade.

Conta com 19 funcionários e com a participação de alguns voluntários na parte do bem estar dos idosos. Toda terça-feira, às 16h, eles participam de uma missa no próprio local.

O Asilo de Palhoça é uma instituição que se mantém através de doações da comunidade em geral, da aposentadoria de alguns dos idosos e de pequenos

Eloyr ajudando Neri (que é cego) a passear. Foto: Divulgação / Casa Santa Maria

Eloyr ajudando Neri (que é cego) a passear. Foto: Divulgação / Casa Santa Maria

eventos realizados, mas que não suprem a necessidade financeira da instituição.

A Ação Social está constantemente em busca de novos benfeitores para que a casa possa continuar a existir e acolher a demanda de idosos que procuram pelo local.

Seja você também um benfeitor por meio de boleto bancário, doação na própria instituição ou depósito em conta: Banco do Brasil – Agência 5362-7 c/c 247175-2.

Serviço

Seja em benfeitor do Asilo Casa Santa Maria dos Anjos
Doação na própria instituição
Ou depósito bancário: Banco do Brasil
Agência 5362-7 c/c 247175-2
Inf.: (48) 3242-2478
Email: [email protected]
Facebook: Casa Santa Maria dos Anjos

Matéria publicada no Jornal da Arquidiocese, edição setembro de 2016, página 10. 

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*