unnamed-1Com a presença de mais de 100 agentes das dez Dioceses de Santa Catarina, o Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Pastoral Familiar realizou de 21 a 23 de outubro, em Curitibanos, Diocese de Lages, o último encontro deste ano, com formações e planejamento para 2017.

O Arcebispo de Florianópolis e Bispo Referencial do Sul 4 da Pastoral Familiar, Dom Wilson Jönck, scj, falou na abertura do encontro sobre a importância da implantação pela Pastoral Familiar, dentro de um dos setores já existentes, de uma Pastoral Jurídica para dar assistência aos casais em dificuldade ou mesmo separados.

O Arcebispo lembrou com satisfação do trabalho formativo realizado ao longo deste ano em relação aos encontros de noivos e pediu um esforço ainda maior por parte dos agentes: “Precisamos acompanhar os noivos com mais antecedência e por mais tempo, de forma personalizada como nos pede o Papa Francisco”, comentou.

unnamedA Nulidade Matrimonial foi o principal tema formativo do encontro, que contou com a participação do Vigário Judicial do Tribunal Eclesiástico Regional de Florianópolis, Pe. Tarcísio Vieira. Ele explicou detalhadamente as mudanças propostas pela Carta Apostólica em forma de Motu Próprio, do Papa Francisco, sobre a reforma do processo canônico paras as causas de declaração de nulidade do matrimônio.

Foi lançado o desafio para que a Pastoral Familiar possa auxiliar em cada Diocese no processo de elaboração do libelo, petição essencial para o encaminhamento de qualquer processo de nulidade.  Para tanto, os agentes de cada diocese tiveram oportunidade de elaborar um projeto de ação para o próximo ano, especificamente no Setor Pré Matrimonial.unnamed-2

Este projeto, bem como todos os assuntos tratados no encontro, serão repassados aos agentes da Arquidiocese, na reunião da Coordenação Arquidiocesana de Pastoral Familiar, no dia 12 de novembro, às 08h30, na Ponte do Imaruim, Palhoça.

Por: Sarita e Mário Prisco – Coordenação Arquidiocesana da Pastoral Familiar

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*