Em 2020, a Igreja viverá um Mês Missionário diferente diante da pandemia de Covid-19. Como a principal orientação preventiva à doença é o distanciamento social, é preciso ir além da imagem da missão como encontro físico e próximo entre missionário e povo. As páginas desta edição podem ajudar a refletir sobre o chamado missionário em meio à pandemia.

Por ocasião do dia 12 de outubro, refletimos sobre o chamado missionário das crianças. Por isso, essa edição traz locais de protagonismo desses pequeninos, como a Infância e Adolescência Missionária e a Pastoral de Coroinhas.

Outro eixo de missão sempre presente em nossas páginas, a caridade é destacada com uma nova campanha da Ação Social Arquidiocesana para ajudar o Centro de Integração Santa Dulce dos Pobres, que vai até o Dia Mundial dos Pobres, no dia 15 de novembro.

Enfim, mesmo com os desafios ainda presentes, a pandemia não pode nos parar. Que não nos esqueçamos do impulso missionário ao qual somos chamados, seja em nossa família, seja pelas redes sociais, seja com palavras, seja com o nosso testemunho.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*