Em Janeiro de 2023, no Provincialado Coração de Jesus das irmãs da Divina Providência, em Florianópolis, a Escola Diaconal São Francisco de Assis irá concluir a formação de mais uma turma de candidatos ao diaconato permanente, a turma é composta por integrantes da Arquidiocese de Florianópolis, Diocese de Joinville e Diocese de Rio do Sul, totalizando 37 candidatos.

A celebração de Ação de Graças pela formatura e a entrega dos diplomas para a 17ª turma da escola acontecerá com a presença das esposas, dos párocos e dos Bispos, na manhã do dia 21 de Janeiro de 2023, com transmissão on-line nos canais oficiais da Arquidiocese de Florianópolis.

O candidato está inserido num processo de formação, um itinerário teológico-espiritual-pastoral, desde Junho de 2019, com formação Teológica em Bíblia, Moral, Pastoral, sistemática, Direito Canônico, Ecumenismo, Doutrina Social da Igreja, História da Igreja, Liturgia; contando com a presença pastoral dos padres, assessores eclesiásticos dos diáconos de cada diocese.

A escola, que pertence à Arquidiocese de Florianópolis, oferece quatro anos de formação, com um total de 12 etapas, três por ano. “É muito importante formar essa convivência entre eles. Isso é feito através das missas, orações e refeições diárias. Os candidatos não têm somente uma formação intelectual, mas uma formação humana, psicológica e espiritual”, explica o assessor eclesiástico dos diáconos da Arquidiocese, Pe. Valter Goedert.

Para ser ordenado diácono, o candidato deve ser indicado pelo pároco, depois de uma consulta ao Conselho Pastoral da Comunidade (CPC) e à esposa e filhos do candidato. Em seguida, a paróquia encaminha a candidatura para a escola diaconal.

O diácono permanente é diferente do diácono transitório. O transitório exerce o diaconato por um tempo, porque o objetivo é o presbiterado.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*