A Forania de Camboriú, em ato público, protocolou na manhã de quarta-feira, 04 de outubro, o dossiê e abaixo-assinado, em preservação ao Rio Camboriú e seus afluentes.

Diante da preocupação do povo de Deus e aguçados, pelas formações e reflexões da campanha da Fraternidade de 2017, que teve como Lema: Cultivar e Guardar a Criação, e como tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”; nasceu a idéia de um gesto concreto que culminou com a elaboração deste abaixo-assinado, onde inúmeras pessoas se envolveram neste processo que originou o dossiê devidamente fundamentado com três trabalhos científicos, que foi reproduzido em vários volumes e a este ato público.

O abaixo assinado entregue pleiteia a realização das pretensões elencadas, imprescindíveis à recuperação da natureza até então degradada:

  • Recuperação imediata da mata ciliar às margens do Rio Camboriú, em sua total extensão;
  • Preservação dos manguezais, considerados legalmente áreas APP, proibindo qualquer tipo de retirada e/ou construção;
  • Depósito e reciclagem do lixo em local adequado;
  • Proibição e fiscalização rigorosa dos descartes à beira de estradas, nas matas, nas calçadas, às margens de rios e nascentes, de qualquer tipo de móveis e eletrodomésticos.
  • Fiscalização pelo Poder Público das saídas dos esgotos domésticos, sua destinação adequada e constatação de existência das necessárias fossas filtro;
  • Exigência pelo Poder Público dos Municípios de Camboriú e de Balneário Camboriú, do fiel cumprimento de todos os requisitos e da infraestrutura, respectiva regularizações dos loteamentos existentes, inclusive de loteamentos, eventualmente irregulares nas áreas rurais;
  • Reforçar a proposta do desmatamento zero, inclusive nos manguezais;
  • Exigência de implantação das políticas de saneamento básico em toda área urbanizada e rural deste bioma nos Municípios de Camboriú e Balneário Camboriú;
  • Despoluição do Rio Camboriú e seus afluentes.

Estavam presentes neste ato público, o Vigário Forâneo de Camboriú, Pe. Marcio Alexandre Vignoli, autoridades locais e convidados.

O abaixo-assinado entregue continha 5.924 assinaturas, que foram coletadas em 40 dias, onde a população manifestou o desejo de mudar a realidade em que se vive, com base nas pretensões apresentadas.

 

 

 

 

Por Pascom Paróquia Divino Espirito Santo – Camboriú

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*