As imagens sacras do Morro do Rosário, ao lado do Santuário de Azambuja, em Brusque, estão sendo restauradas por um fiel. Antes com limo e sujeira, o trabalho solidário prestado pelo benfeitor está deixando as imagens revitalizadas.

“O Morro do Rosário, juntamente com o Santuário, é um cartão postal de nossa cidade. Recebemos diariamente visitas de pessoas de nossa cidade e também de outros municípios, que chegam para conhecer este precioso vale”, diz o pároco e reitor de Azambuja, Pe. José Henrique Gazaniga.

As estátuas são feitas de cimento em tamanho natural. José Henrique ainda agradeceu à ajuda do fiel. “É com grande alegria que recebemos à doação de um benfeitor a restauração de todas as imagens do Morro do Rosário”, complementa o sacerdote.

O Morro do Rosário foi construído em 1950, local em que se encontram os 15 mistérios do rosário, distribuídos ao longo do caminho. É comum que fiéis subam o morro na Quinta e Sexta-Feira Santa, datas de jejum e oração que antecedem à Páscoa.

Texto e fotos: Pascom/Santuário de Azambuja

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*