O Cardeal Eusébio Oscar Scheid testou positivo para Covid-19, conforme informação divulgada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, onde é arcebispo emérito, na manhã desta terça-feira, dia 12 de janeiro.

A publicação indicou que o purpurado, que atualmente reside em São José dos Campos/SP, “está internado e sendo acompanhado de perto pelos médicos, pois também apresentou um quadro de pneumonia”. Desde dezembro do ano passado, Dom Eusébio vinha apresentando problemas de saúde.

O cardeal de 88 anos foi Arcebispo de Florianópolis de 1991 a 2001. Então foi nomeado arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro, onde atuou até 2009, quando teve seu pedido de renúncia aceito pelo Papa Bento XVI. Ele foi criado Cardeal pelo Papa João Paulo II, em 2003.

Biografia

Dom Eusébio durante visita pastoral enquanto arcebispo de Florianópolis.

Catarinense de Luzerna, nasceu em 8 de dezembro de 1932. Criado e educado no Rio Grande do Sul, Dom Eusébio Oscar Scheid, SCJ, realizou seus estudos primários e secundários no Seminário dos Padres do Coração de Jesus em Corupá/SC.

Em 1954, iniciou os estudos de Filosofia, em Brusque. Continuou os estudos filosóficos na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, no período de 1955 a 1957. Estudou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana e na Propaganda Fide, no período de 1957 a 1964. Especializou-se em Cristologia e seu doutorado em Cristologia versou sobre a interioridade de Cristo. 

Sua ordenação presbiteral foi em Roma, no dia 3 de julho de 1960, pelas mãos de Dom Inácio João Dal Monte, OFM, bispo de Guaxupé.

No dia 23 de janeiro de 1991, foi nomeado Arcebispo de Florianópolis. Tomou posse da Arquidiocese no dia 16 de março do mesmo ano. Nesta arquidiocese criou o Seminário de Teologia Convívio de Emaús e o Seminário de Filosofia Edith Stein; inaugurou o Instituto Social João Paulo II; instituiu a Escola de Ministérios.

04_brasao_dEusebio
Brasão episcopal de Dom Eusébio

Permaneceu na Arquidiocese de Florianópolis por dez anos, até sua nomeação como arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro dia 25 de julho de 2001. Tomou posse em 22 de setembro do mesmo ano. Presidiu a criação das dioceses de Criciúma e Blumenau. Recebeu o encargo de Ordinário dos fiéis de rito oriental sem ordinário próprio no Brasil no dia 3 de outubro de 2001.

No consistório de 21 de outubro de 2003, presidido pelo Papa João Paulo II, foi criado cardeal presbítero, com o título da Basílica dos santos Bonifácio e Aleixo. Participou do conclave que elegeu o papa Bento XVI.

Celebrou seu Jubileu de Diamante de sua Ordenação Presbiteral em 3 de julho de 2020.

Agradecemos a Deus pela vida de Dom Eusébio e pelos seus 60 anos de ministério presbiteral, sendo 40 anos dedicados ao episcopado.

Após 88 anos de vida, sendo 60 anos como sacerdote, 39 anos de episcopado, o Cardeal Dom Eusébio Oscar Scheid falece em 13 de janeiro de 2021.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*