DSC_1570“O projeto nasceu da iniciativa dos diáconos, depois o pessoal foi se entusiasmando com a causa e envolvendo mais gente”, explica Pe. José Rufino Filho, um dos precursores do Centro Terapêutico São Lourenço, inaugurado neste domingo, 11, em Itajaí.

A Missa de abertura foi presidida pelo Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck. E mesmo o tempo chuvoso não impediu a chegada de aproximadamente 200 pessoas que participaram do evento.

 “O centro da vida diaconal é a caridade, é estar ao lado daqueles que precisam de nossa ajuda. Ficamos alegres em ver um grupo de diáconos arregaçar as mangas e executar essa obra com entusiasmo e alegria, sabendo que estão realizando a sua vocação, através dessa obra”, destacou o Arcebispo.

Confira a galeria de fotos

Com alegria o Diácono Juarez Blanger agradece àqueles que perseveram no projeto desde o início e aponta o percurso percorrido: “Percebemos que estávamos no caminho certo pelas respostas que tivemos e pelo modo como as coisas foram surgindo. Aos poucos os milagres estavam acontecendo. Fomos ganhando doações, outros vieram ajudar”.

DSC_1539O espaço terapêutico deve acolher 12 homens, dependentes químicos que desejam sair dessa situação. O local conta com três repartições: a casa de acolhida, o refeitório e o ambiente de morada dos monitores.

A associação manterá serviços de tratamento e recuperação de dependentes químicos, através de grupos de apoio e internamento na forma de comunidade terapêutica, com assistência integral, visando à recuperação e reinserção social dos internos, mantendo cursos de formação religiosa, cultural e profissional.

“Dentro de um mês devemos começar o processo de acolhida dos adictos, mas desde já contamos com a colaboração e oferta de todos aqueles que puderem nos ajudar com a manutenção dessa obra”, concluiu o Diácono Juarez.

4 Comments, RSS

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*