(Da esq. para dir.) Pe. Luiz, Pe. David, Pastor Anildo, Dom Wilson, Pe. ortodoxo Celso Alves e Frei André

(Da esq. para dir.) Pe. Luiz, Pe. David, Pastor Anildo, Dom Wilson, Pe. ortodoxo Celso Alves e Frei André

Como parte da Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC), teve nesta quarta-feira (20) o Culto Ecumênico na Catedral Metropolitana de Florianópolis. Estiveram presentes o Pastor Anildo Wilbert, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana, o Padre Celso Alves, da Igreja Sirian Ortodoxa e Dom Wilson Tadeu Jönck, Pe. Luiz Prim, Pe. David Coelho e Frei André Henrique representando a Igreja Católica Apostólica Romana.

A Celebração teve início com a súplica do perdão a Deus, conduzida pelo Pastor Anildo. Pouco antes do momento de louvor, Padre Celso fez a reflexão sobre Jesus que é a fonte de água vida, da qual os cristãos devem constantemente recorrer.

“Acho importante que os cristãos deem testemunho juntos e que nos animemos com a fé dos irmãos”, observa Pastor Anildo, durante entrevista.

O pregador da noite foi o Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson, que refletiu sobre a passagem do encontro de Jesus com a samaritana no poço de Jacó – o episódio foi lido na proclamação do Evangelho feita pelo presbítero Frei André. Na ocasião, Dom Wilson aproveitou para destacar que “se os cristãos desejam se entender, é necessário começar a olhar o que o outro tem de bom. Assim, podemos ter diferenças e até divergências, mas vamos gostar um do outro, vamos querer conviver”.

O momento de preces foi feita de maneira espontânea pelos fiéis na assembleia e motivados pelo Pe. Luiz Prim. Ao final, Pe. Davi, que é pároco e reitor da Catedral, agradeceu a presença de todos e destacou a importância dessas celebrações em prol do ecumenismo.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*