DSC_2739A última reunião geral dos padres e diáconos deste ano aconteceu no dia 17 de novembro e contou com aproximadamente 180 participantes. Eles se encontraram no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos.

Logo na abertura pela manhã, o Arcebispo Dom Wilson Jönck, scj, destacou a importância da reunião que abrange trabalho e confraternização. O responsável pela Comunidade Divino Oleiro, Pe. Marcio Vignoli, desejou que fossem bem acolhidos e se sentissem em casa. A Coordenação Arquidiocesana de Pastoral, na pessoa do coordenador, Pe. Revelino Seidler, foi a responsável pela condução dos trabalhos.

Um dos momentos importantes foi a apresentação sobre a Iniciação à Vida Cristã, na qual a coordenadora da Catequese Arquidiocesana, Irmã Marlene Bertoldi, , indicou o que levar em conta no Planejamento de 2016, tirou algumas dúvidas e três padres partilharam as experiências de implantação desta “virada no trabalho pastoral”, neste “tempo decisivo na vida de padres e diáconos”, segundo Dom Wilson. Irmã Marlene apresentou também um esboço da estrutura da Iniciação à Vida Cristã e DSC_2767um itinerário até 2020.

A reunião contou com a exposição da Dra. Branca Bernardi, sobre a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC). A juíza do município de Barracão, no Paraná, contou, bastante animada, a experiência desde que conheceu aquela associação em Minas Gerais, passando pela implantação no Estado vizinho e respondendo às perguntas dos presentes. Ressaltou os benefícios e resultados da metodologia usada, pois trata os presos com dignidade, confere responsabilidade e os educa para o futuro, quando retornarão à sociedade. Os padres e diáconos aprovaram uma ajuda à construção da sede desta associação em Florianópolis.

Veja a entrevista que a juíza Branca Bernardi concedeu:

DSC_2740Leila Pivato, da Pastoral Carcerária, apresentou o Projeto na Arquidiocese, desde cinco anos atrás quando o conheceram e passaram a estudá-lo, incluindo viagens aos locais onde estava implantada, como São José dos Campos, em São Paulo. Frisou que conta com o apoio do Poder Judiciário de Santa Catarina e foi aprovada na Assembleia Legislativa uma lei permitindo outras associações, além do Estado, cuidarem dos presos. Estavam procurando um prédio para instalar uma APAC dentro dos requisitos. Já a sede, cuja planta projetou no telão, será construída num terreno cedido em comodato pela Cúria.

Em seguida, o Ecônomo Geral, Pe. Leandro Rech, apresentou o movimento financeiro da Mitra Metropolitana nos meses de agosto a outubro. Pe. Revelino Seidler ressaltou as Celebrações de Abertura do Jubileu da Misericórdia a se realizarem no dia 13 de dezembro na Catedral e nos Santuários, e dia 14, na Igreja Santíssimo Sacramento, em Itajaí. Entregou os materiais para a Celebração de Santa Catarina de Alexandria em 25 de novembro e deu DSC_2741orientações para as Campanhas da Evangelização em dezembro, e da Fraternidade Ecumênica, em 2016. Ao final, vários padres e diáconos fizeram seus comunicados na fila do clero.

 

DSC_2742

DSC_2746

DSC_2748

DSC_2750

DSC_2756

Professor Carlos Martendal no lançamento de um novo livro.

 

Por: Pe. Isaltino Dias – Secretário Geral

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*