A Missa de ordenação presbiteral do mais jovem padre da Arquidiocese, Paulo Stippe Schmitt, 25 anos, ocorreu na tarde do sábado, 14 de outubro, na Igreja Matriz da Paróquia Santo Antônio, em Itapema (SC). Foi presidida pelo Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck, sjc, concelebrada por aproximadamente 40 padres e contou com a participação de vários diáconos. Além disso, diversos fiéis de várias foranias lotaram a igreja para prestigiar este momento singular.

Durante a homilia, Dom Wilson falou sobre o sacerdócio. “Jesus veio ao mundo para se ocupar com as coisas de Deus, com a relação do ser humano com Ele, para que um dia todos pudessem estar convivendo na comunidade da Santíssima Trindade. Cristo deixa alguns escolhidos por Ele, para continuar a mesma missão. É assim que entendemos o sacerdócio. Alguém escolhido por Deus para realizar a obra de Cristo, fazer o que Cristo fazia até os dias de hoje”, ressaltou.

O irmão, João Pedro Stippe Schmitt, não escondia a alegria ao ver o irmão Paulo Stippe como padre. E contou que desde pequeno a vocação já era revelada. “Desde criança a gente brincava de Missa junto com os nossos primos. Ele sempre era o padre”, relatou o irmão.

Foi como coroinha e ao participar da catequese, que a vocação do jovem despertou.

Maria de Fátima, mãe do neo-sacerdote, sentiu-se com o dever cumprido: “Alegria e paz no coração de ter entregue o filho à Deus. Nós ficamos com a melhor parte, pois a nossa família ganhou um sacerdote e isso é uma bênção”, afirma Maria de Fátima.

Confira as fotos da celebração neste link.

Ao final da celebração, Pe. Paulo começou o agradecimento com a letra da música “A Barca”. “’Senhor, tu me olhaste nos olhos, a sorrir, pronunciastes meu Nome, lá na praia, eu larguei o meu barco, junto a Ti buscarei outro mar’. Hoje na praia de Itapema, mais um barco é deixado na beira do mar. Hoje é o meu barco que eu deixo lá. Porque Jesus Cristo passou, olhou para mim e me chamou. Hoje eu deixei tudo, para ganhar o Tudo. Cada dia será deixar tudo para ganhar tudo. Para ganhar Cristo e ser encontrado com Ele. Porque Ele me encontrou e me amou primeiro”, explicou o jovem padre.

Histórico

Natural de Itajaí (SC), Paulo Stippe Schmitt tem 25 anos e nasceu no dia 21 de julho 1992. Irmão mais velho de João Pedro Stippe Schmitt, filhos de Wilmar Benjamin Schmitt e Maria de Fátima Stippe.

Concluiu os estudos do ensino fundamental e médio nos municípios de Itapema e Brusque. A filosofia cursou na Faculdade São Luiz, em Brusque, e a teologia, na Faculdade Católica de Santa Catarina (FACASC).

No link do facebook da Arquidiocese se encontram vários trechos em vídeo, ao vivo, da celebração no sábado, em Itapema. Facebook: Arquidiocese de Florianópolis

Paulo com os pais e o irmão.

Segundo padre ordenado em outubro

No sábado, 07 de outubro, foi ordenado presbítero José Torquato, aos 40 anos de idade. Confira a matéria com as fotos neste link:

Padre José Torquato: nunca é tarde para o despertar da vocação 

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*