A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, reunida durante a 54ª Assembleia Geral Ordinária, na sessão do dia 14 de abril de 2016, aprovou o Documento 105, “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz do mundo”, que sugeriu, como um dos “compromissos”, a realização do Ano do Laicato, aprovado na sessão do dia 15 de abril de 2016.

O Conselho Permanente, em sua reunião de 20 a 22 de junho de 2017, apreciou e aprovou a proposta apresentada pela Comissão Especial para o Ano do Laicato.

Na Arquidiocese de Florianópolis, iniciou-se o processo de prepara para a realização desse Ano com a realização do 3º Mutirão de Formação realizado nos dias 24 e 25 de junho, no qual foi estudado o referido Documento.

O segundo passo foi dado na reunião da Comissão Arquidiocesana das Forças Vivas, com a apresentação das propostas.


Início:

Solenidade de Cristo Rei de 2017

Encerramento:

Solenidade de Cristo Rei de 2018

 

Tema:

Cristãos leigos e leigas, sujeitos na “Igreja em saída”, a serviço do Reino.

 

Lema:

Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5,13 – 14).

 

Objetivo geral:

Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar  a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu  Reino  na sociedade.

Objetivos específicos:

  1. Comemorar os 30 anos do Sínodo Ordinário sobre os leigos (1987) e os 30 anos da publicação da Exortação Apostólica Christifideles Laici, de São João Paulo II, sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988);
  2. Dinamizar o estudo e a prática do documento 105: “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade” e demais documentos do Magistério, em especial do Papa Francisco, sobre o Laicato;
  3. Estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, “verdadeiros sujeitos eclesiais”(Dap, n. 497a), como “sal, luz e fermento” na Igreja e na Sociedade.

Estratégias:

  1. Conclamar toda a Igreja no Brasil: regionais, dioceses, paróquias, comunidades, pastorais, movimentos, as diferentes expressões laicais e os Organismos de comunhão do Povo de Deus, na realização do Ano do Laicato;
  2. Desenvolver atividades que culminem na realização de um encontro  nacional com o Laicato no encerramento do ano (Cristo Rei de 2018);
  3. Despertar e motivar iniciativas e participação dos ministros ordenados, da vida consagrada e do laicato na realização desse Ano;
  4. Dialogar com os diferentes sujeitos da sociedade, promovendo a cultura do encontro e o cuidado com a vida e o bem comum, na esperança de que outro mundo é possível;
  5. Envolver os meios de comunicação social nas atividades programadas para o Ano do Laicato.

Eventos:

  • Abertura do Ano em cada Diocese e Paróquia (Solenidade de Cristo Rei – 26 de novembro de 2017);
  • Abertura pela Presidência da CNBB em rede Nacional (28 de novembro de 2017, durante o CONSEP);
  • 14º Intereclesial das CEBs em Londrina – PR (23 a 27 de janeiro de 2018);
  • Abertura da Campanha da Fraternidade de 2018, destacando o papel dos cristãos leigos e leigas na superação da violência;
  • Painel e celebração na 56ª AGO da CNBB;
  • Semana Missionária “Igreja em Saída” nas Igrejas locais. (sugestão mês de julho de 2018): Um Círculo Bíblico em cada rua;
  • Seminários Temáticos nos Regionais;
  • Congresso Latino Americano/Caribenho promovido pelo CELAM sobre os Ministérios , em parceria com as Universidades Católicas.( No Brasil, em data a ser confirmada);
  • Encontros de reflexão no mês de novembro;
  • Dia Mundial dos Pobres (18 de novembro de 2018);
  • Encerramento com a Assembleia Nacional dos Organismos do Povo de Deus( 23 e 24 de novembro de 2018) e Romaria do Laicato em Aparecida/SP. (25 de novembro de 2018)

3 Comments, RSS

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*