Neste ano, a Semana Nacional da Família, que ocorre de 11 a 17 de agosto, tem como tema “A família, como vai?”. Este momento tem como base o subsídio “Hora da Família”, que apresenta reflexão sobre temas familiares. As paróquias este ano estarão inovando suas atividades.

O tema deste ano retoma a pergunta de 25 anos atrás, com a reflexão que marcou a Campanha da Fraternidade de 1994. Ao voltar ao passado e ver o quanto a Pastoral Familiar já cresceu, percebe-se que a família precisa aprofundar cada vez mais a sua missão na Igreja e na sociedade para conquistar seu papel decisivo e central.

Esse desejo de estar no centro das ações eclesiais aparece no livreto Hora da Família, ligando-o à Iniciação à Vida Cristã, às Políticas Públicas, ao envolvimento com as questões contemporâneas da vida urbana e à missão em meio a outras famílias.

O subsídio vem com os tradicionais encontros celebrativos da Semana Nacional da Família e refletem os seguintes temas: Família, vocação e juventude; Família e Políticas Públicas; Família, defensora da vida; Matrimônio e Família no plano de Deus, e por fim, o tema central: A família, como vai?

A Pastoral Familiar Arquidiocesana tem procurado orientar as paróquias para que a programação da Semana da Família não seja apenas um evento da pastoral, mas sim, que tenha a participação das demais pastorais, movimentos e serviços que atuam com as famílias, criando assim um acontecimento de unidade paroquial.

Nas paróquias

O essencial durante a Semana da Família é manifestar a alegria do amor que se vive nas famílias, propondo e encorajando a todos a serem em seus lares, sinais vivos de Cristo, buscando tornar nossas famílias verdadeiras igrejas domésticas e células vivas para transformação do mundo.

Entre em contato com sua paróquia para informar-se sobre a programação da Semana da Família.

Nota publicada na edição de agosto de 2019 do Jornal da Arquidiocese, pág. 4.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*