Nos dias 09 a 11 de novembro, foi realizado pela primeira vez na Arquidiocese, o SULÃO da Infância e Adolescência Missionária (IAM), no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos.

Participaram 107 pessoas entre coordenadores dos regionais e diocesanos, assessores dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, que representaram 30 dioceses.

Teve como objetivo, partilhar as experiências que acontecem nos regionais e dioceses, sendo assessorado pela Ir. Patrícia Souza, das Pontifícias Obras Missionárias (POM) e secretária nacional da IAM.

Na manhã do sábado, 10, ocorreu uma dinâmica numa rodada de nove grupos, em nove espaços diferentes, que tinham a duração de dez minutos cada, onde uma pessoa conduzia a temática de como na sua Diocese são as formações para assessores.

A tarde seguiu-se com a metodologia da manhã, alternando para a temática da formação dos coordenadores da Infância e Adolescência Missionária, nas dioceses.

O tema da sensibilidade e o perfil do assessor, também foi abordado pela Ir. Patrícia.

O encontro contou com programações especiais: a Associação Catarinense para Integração ao Cego (ACIC) fez uma apresentação de danças, e aos participantes, esclarecimentos sobre deficiência visual, e várias ações de inclusão.

A noite cultural foi marcada com a apresentação de como é realizada a Festa do Divino, com a tradicional Bandeira do Divino e o casal imperador de 2018, da Paróquia Divino Espírito Santo, de Camboriú.

Apresentação por parte dos alunos da ACIC

Outra presença marcante na noite cultural deste Sulão foi a Comunidade Indígena de Biguaçu, que mostrou um pouco de seu artesanato e sua dança.

Os participantes saíram do evento revitalizados, comprometendo-se a ampliar seus olhares com sensibilidade ainda maior, nesta missão de trabalhar com a Infância e Adolescência Missionária.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Zenir Gelsleichter
Secretária da Animação Missionária Arquidiocese de Florianópolis

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*