“Jovens precisam de acompanhamento no despertar e amadurecer da fé”

“Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Este será o tema da próxima Assembleia do Sínodo dos Bispos (reunião de representantes do episcopado de diversas partes do mundo com o Papa para auxiliá-lo na reflexão de algum tema específico). O documento preparatório explica a escolha do tema: “a Igreja decidiu perguntar-se sobre como acompanhar os jovens para reconhecer e acolher o chamado ao amor e à vida em plenitude, e também para pedir aos próprios jovens para ajudá-la a identificar as modalidades hoje mais eficazes para anunciar a Boa-Nova”.

O Papa Francisco traz os jovens no coração, e quis que eles estivessem no centro das atenções. Nesse caminho de preparação para o Sínodo, que envolve o recolhimento de dados e a elaboração de questionários, toda Igreja deve dirigir um olhar especial à realidade juvenil e à cada jovem em particular. É tempo de “colocar-se à escuta de sua voz, sua sensibilidade, de sua fé, e até mesmo de suas dúvidas e críticas”. O documento é uma espécie de bússola para ajudar na reflexão, que terá seus frutos maduros ao final do caminho sinodal.

O mundo atual, caracterizado pela constante mudança, enfrenta o drama da incerteza. Por isso, os jovens precisam de acompanhamento no despertar e amadurecer da , que deve ser expressa nas escolhas concretas de sua vida. Aqui, entra o necessário o dom do discernimento, para responder com generosidade ao chamado que o Senhor faz. Nosso desejo pastoral é de “encontrar, acompanhar e cuidar de cada jovem, sem exceção”. Somos chamados a caminhar com os jovens e, a exemplo de Jesus, sair, ver e chamar. Para tanto, é necessária uma adequação da linguagem eclesial e uma atenção dedicada ao percurso da fé de cada um.

Neste Ano Mariano, confiemos o caminho do Sínodo à Maria, jovem de fé e de discernimento que soube acolher o projeto de Deus para sua vida. Para a pastoral: Que tal fazer chegar a carta do Papa Francisco aos jovens de sua comunidade e escutar suas impressões? Você pode encontrá-la no site do Vaticano.

Matéria publicada na edição de abril de 2017 do Jornal da Arquidiocese, pagina 11.

Crédito foto: Santa Sé

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*