Santa Catarina de Alexandria, Padroeira da Arquidiocese de Florianópolis

Quem foi Santa Catarina de Alexandria

Não são muitos os dados históricos que temos a respeito de Santa Catarina de Alexandria. Segundo tradições orientais, seria filha de uma família distinta, de posses e instruída; há os que defendem que seria filha de um rei pagão, de nome Costos, de Chipre. Conta-se que foi a vencedora de uma disputa filosófico-teológica com um numeroso grupo de sábios, os quais, tendo se convertido diante de seus argumentos, foram posteriormente martirizados pela fé. A cultura atribuída a Santa Catarina fez dela a patrona dos estudantes, dos filósofos e, também, da Universidade de Paris. A igreja paroquial de Belém, junto à basílica da Natividade, lhe é dedicada.

Seu martírio, em testemunho de sua fé cristã e em defesa de sua virgindade, é situado no início do século IV (teria santacatarina_catedralocorrido, provavelmente, no ano 307), na cidade de Alexandria, durante a perseguição de Maximino. Alexandria, na época, pertencia à Província Romana do Egito. Tentaram martirizá-la com uma roda de “dentes” de ferro – roda que deveria dilacerar seu corpo; a roda, contudo, ao passar por seu corpo, teria se quebrado. Por essa razão, comumente ela é apresentada nas imagens ou gravuras com uma roda quebrada a seu lado. Depois disso, teria sido decapitada.

As relíquias de Santa Catarina se encontram no mosteiro que leva seu nome, no Monte Sinai: Mosteiro de Santa Catarina, no monte Gêbel Musa, a 2.300 metros de altitude. O significado mais provável de seu nome, de origem grega, é: sempre pura.

Santa Catarina Padroeira

Santa Catarina de Alexandria, Virgem e Mártir, desde o início de criação da Diocese de Florianópolis (1908) foi venerada como padroeira diocesana. Diante disso, Dom Joaquim Domingues de Oliveira pediu ao Papa que a tornasse, oficialmente, nossa padroeira. Por um decreto de 26.07.1922, o Papa Pio XI a declarou padroeira principal da Diocese de Florianópolis e co-Titular da Igreja Catedral, cujo Título é o do Desterro de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Santa Catarina de Alexandria é, também, padroeira da Ilha de Santa Catarina e do Estado de Santa Catarina. O dia de Santa Catarina de Alexandria é 25 de novembro.

 

 

Ó Santa Catarina de Alexandria,
Virgem e Mártir,
vossa vida continua a inspirar homens e mulheres no mesmo ideal de viver a fé cristã na vida e na morte.
Vós que estais junto de Deus, sede nosso modelo e intercessora. Inspirai nos adultos e jovens a mesma coragem que vos fez enfrentar o martírio na fidelidade ao Evangelho. Ensinai-nos que não vale a pena viver longe de Jesus, Caminho, Verdade e Vida.
Vós que fostes pura diante de Deus e dos homens, ajudai-nos a enfrentar as seduções do mundo e da moda;
levai-nos a defender a integridade corporal e espiritual de cada pessoa,
templo onde habita Deus.
Santa Catarina,
protetora dos advogados, filósofos e sábios,
intercedei junto a Deus para que busquemos sempre a verdadeira sabedoria.
Dai-nos inteligência e prudência
para sabermos defender a verdade
diante daqueles que colocam a sabedoria do mundo acima da sabedoria de Deus.
Vós que sois protetora desta Ilha e deste Estado, sede nossa advogada junto de Deus:

inspirai os governantes e o povo
para que construam uma sociedade justa e fraterna, onde todos possam sentir-se felizes na paz que é fruto da justiça.
Acompanhai-nos sempre
para que possamos, junto convosco,
habitar na Casa do Pai.
Santa Catarina de Alexandria,
rogai por nós!

(Para maiores informações, consulte: SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA – Padroeira da Arquidiocese de Florianópolis, da Ilha e do Estado de Santa Catarina, do Pe. Ney Brasil Pereira, 2002 – edição própria).