No domingo,12 de novembro, na Paróquia São João Evangelista, em Biguaçu, 50 pessoas que fazem parte do grupo dos missionários da Arquidiocese se reuniram para avaliar sobre a missão realizada neste ano, no município de Itaguaçu da Bahia.

Este grupo participa das Santas Missões Populares na Diocese de Barra (BA).

O momento de mística voltou o olhar dos participantes à Mãe Aparecida, e às realidades de tantas correntes que amarram, pesam, oprimem o povo, como eram acorrentados os escravos, a quem a Quilombola por excelência apareceu.

A avaliação em grupo e a partilha deste momento foram conduzidas com o objetivo de repensar a caminhada de cada missionário e missionária, lá no sertão baiano quanto em seu espaço paroquial.

Rever seu comprometimento e inserção concreta na comunidade e até que ponto a experiência com o povo sertanejo tem transformado seu jeito de ser como pessoa. Na ocasião, também foram retomadas as ações planejadas para o próximo ano.

O encerramento do encontro aconteceu com a Celebração Eucarística, presidida pelo coordenador do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), Pe. Josemar Silva.

“Voltar aos espaços comunitários, impulsionados na Alegria do Evangelho por uma Igreja em saída, certos de que é Jesus de Nazaré quem convida ao encontro do outro”, afirmou o membro do COMIDI, Marciel Linhares, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, de São José.

 

 

 

 

Por Zenir Gelsleichter- Secretária da Animação Missionária Arquidiocesana

1 Comentários, RSS

  • Marciel Linhares

    diz em:
    15 de novembro de 2017 às 21:47

    Parabéns aos Missionários e Missionarias, que despojam-se para se colocarem à serviço do Reino.
    A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída. Vivamos isso.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*