unnamed (4)São perguntas difíceis, mas tem um colégio da Capital que está buscando responder de forma concreta.

É assim, com a Escola de Pais, que o Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, no Estreito, começa na próxima terça-feira (21), às 20h, sua caminhada para proporcionar aos pais uma formação e aprofundamento nessa missão, através da abordagem de temas relacionados à vida familiar e ao processo de educação integral dos filhos.

Será um ciclo de palestras mensais, e a primeira será proferida pelo professor e autor de livros Moacir Rauber. Com o tema “Prenda o ladrão de si mesmo! Liberte o que há de melhor em você”, ele vai falar sobre como os pais podem tirar o máximo de si para oferecer o melhor para a educação dos filhos. Cadeirante, Rauber foi remador da Seleção Brasileira entre os anos de 2004 e 2008 e ainda hoje segue praticando o remo como lazer. Também faz trabalhos voluntários em instituições que desenvolvem projetos de inclusão social.

unnamed (2)

Palestrante, Moacir Rauber

Ao longo do ano, a Escola de Pais terá outros oito encontros, abordando temas variados, como a dependência virtual, a prevenção ao mundo das drogas, os limites, os hábitos alimentares, entre outros. No final do ano, os pais que participarem da Escola receberão um certificado.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas com o professor Ricardo Marques: (48) 3244-0455

Mais informações sobre a primeira palestra podem ser obtidas com o Moacir Rauber (48) 99857-8451

Facebook: Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima

Justificativa para a criação da Escola de Pais
No dia 08 de abril de 2016 o Papa Francisco publicou oficialmente a Exortação Apostólica pós-Sinodal “Amoris Laetitia”, “A alegria do amor”, que tem como tema central – o amor na família.

“Um dos desafios fundamentais que as famílias enfrentam hoje é seguramente o desafio educativo, que se tornou ainda mais difícil e complexo por causa da realidade cultural atual e da grande influência dos meios de comunicação”. (AL 94)

Consciente destes desafios pelos quais passam as famílias atuais, a Igreja como mãe e educadora quer também cumprir sua missão, oferecendo às famílias “espaços de apoio e aconselhamento sobre questões relacionadas com o crescimento do amor, a superação dos conflitos e a educação dos filhos”. (AL 38)

O Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima, por ser verdadeiro espaço eclesial e por ter clareza de sua missão educativo-evangelizadora quer, a partir deste ano de 2017, oferecer aos familiares de seus estudantes a ESCOLA DE PAIS SAGRADA FAMÍLIA.

A Escola de Pais pretende ser um espaço de sólida reflexão e renovação da vocação da família que tem como grande missão: conduzir e acompanhar o processo educacional dos filhos, seu desenvolvimento biológico, a formação ética, o paciente realismo, a educação sexual, a transmissão da fé a partir do testemunho de vida fraterna no ambiente do lar e no seio da sociedade, dentre tantas outras importantes dimensões.

Os pais, como nos ensina o número 84 da Exortação “Amoris Laetitia” são “verdadeiros ministros educativos, pois, quando formam seus filhos, edificam a Igreja e, fazendo-o, aceitam uma vocação que Deus lhes propõe” (AL 84)

Significado do nome “Escola de Pais Sagrada Família”
Este nome, além de invocar a proteção da Sagrada Família de Nazaré: Jesus, Maria e José – para as atividades da Escola de Pais – tem ainda um sentido teológico-pastoral muito significativo.

Olhar para a Sagrada Família de Nazaré e tê-la como referência de vida exige dos cristãos um entendimento maior, pois esta família não surge perfeita, não surge plena, mas sim vulnerável, assim como tantas das famílias hoje, no contexto sócio-cultural que se vive.

Mas é na vulnerabilidade da família de Nazaré que Deus fez a sua morada.

Diz o número 66 da “Amoris Laetitia”: “A aliança de amor e fidelidade, vivida pela Sagrada Família de Nazaré, ilumina o princípio que dá forma a cada família e a torna capaz de enfrentar melhor as vicissitudes da vida e da história. Sobre este fundamento, cada família, mesmo na sua fragilidade, pode tornar-se uma luz na escuridão do mundo. “Aqui se aprende (…) uma lição de vida familiar. Que Nazaré nos ensine o que é a família, a sua comunhão de amor, a sua austera e simples beleza, o seu carácter sagrado e inviolável; aprendamos de Nazaré como é preciosa e insubstituível a educação familiar e como é fundamental e incomparável a sua função no plano social” (Paulo VI, Alocução em Nazaré, 5 de Janeiro de 1964)”.

Por Jornalista Paulo Scarduelli

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*