“O Rosário, ainda que caracterizado pela sua fisionomia mariana, no seu âmago é oração cristológica” – São João Paulo II

Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós!

No dia primeiro de outubro, mês das missões, a Igreja comemora Santa Teresinha do Menino Jesus, que juntamente com São Francisco Xavier, é padroeiro dos missionários. Mas o que faz este mês ser ainda mais especial, é o fato de também ser considerado o Mês do Rosário. No dia 07, celebra-se Nossa Senhora do Rosário.

Uma devoção universal, cheia de significados e graças na vida do cristão. O Papa São João Paulo II, na Carta Apostólica Rosarium Virginis Mariae (O Rosário da Virgem Maria), explica que “o Rosário, ainda que caracterizado pela sua fisionomia mariana, no seu âmago é oração cristológica. Na sobriedade dos seus elementos, concentra a profundidade de toda a mensagem evangélica, da qual é quase um compêndio. Nele ecoa a oração de Maria, o seu perene Magnificat pela obra da Encarnação redentora iniciada no seu ventre virginal”. E continua ao constatar que “com ele, o povo cristão frequenta a escola de Maria, para deixar-se introduzir na contemplação da beleza do rosto de Cristo e na experiência da profundidade do seu amor. Mediante o Rosário, o crente alcança a graça em abundância, como se a recebesse das mesmas mãos da Mãe do Redentor”.

Na mesma Carta Apostólica, João Paulo II disse que confiou muitas preocupações ao Rosário, no qual sempre encontrou conforto. “No dia 29 de outubro de 1978, apenas duas semanas depois da minha eleição para a Sé de Pedro, quase numa confidência, assim me exprimia: ‘O Rosário é a minha oração predileta. Oração maravilhosa! Maravilhosa na simplicidade e na profundidade, sob cuja proteção coloquei o meu ministério petrino: Totus tuus’”.

O Rosário é o “resumo de todo o Evangelho” (CIC 971). São João Paulo II também confirmava que é o compêndio dos Evangelhos, é um dos percursos tradicionais da oração cristã aplicada à contemplação do rosto de Cristo.

A oração do Rosário ou do Terço se propagou pelo mundo. Ultimamente, muitos homens adotam essa prática. No Brasil, o “Terço dos Homens” foi fundado por Frei Peregrino, no dia 08 de setembro de 1936, em Vila da Providência, hoje cidade de Itabi, Sergipe.

Na Arquidiocese ocorre, pelo terceiro ano consecutivo, a peregrinação estadual do Terço dos Homens, no Santuário Santa Paulina. Este ano será no dia 14 de outubro. 

 

Significado

A palavra rosário significa coroa de rosas. Nossa Senhora revelou a muitas pessoas que, cada vez que rezam uma Ave-Maria, lhes é entregue uma rosa. E a cada Rosário completo, recebem uma coroa de rosas. 

Origem

Surge aproximadamente no ano 800, nos mosteiros, como saltério dos leigos. Dado que os monges rezavam os 150 salmos, os leigos, que em sua maioria não sabiam ler, aprenderam a rezar 150 Pai Nossos. Com o passar do tempo, formaram-se outros três saltérios com 150 Ave-Marias.

A Igreja recebeu o Rosário em sua forma atual em 1214, de uma forma milagrosa: quando a Virgem Maria apareceu a Santo Domingo e o entregou como uma ajuda poderosa para a conversão dos hereges e outros pecadores daquele tempo.

No ano 1365, fez-se uma combinação dos quatro saltérios, dividindo as 150 Ave-Marias em 15 dezenas e colocando um Pai Nosso no início de cada uma delas. Em 1500 ficou estabelecida para cada dezena a meditação de um episódio da vida de Jesus ou Maria, e assim surgiu o Rosário de 15 mistérios.

No ano de 2002, o Rosário sofreu alteração, quando o Papa João Paulo II incluiu mais um grupo de cinco mistérios, denominados de Mistérios da Luz ou Mistérios Luminosos.

Os mistérios

O Rosário é acompanhado pela meditação dos quatro mistérios da vida de Jesus e de Maria. Uma “verdadeira introdução na profundidade do coração de Cristo, abismo de alegria e de luz, de dor e de glória”. (Rosarium Virginis Mariae, art. 19):

– Mistérios gozosos (ou mistérios da alegria): da encarnação à vida oculta de Cristo;

– Mistérios luminosos: momentos particularmente significativos da vida pública;

– Mistérios dolorosos: os sofrimentos da paixão e morte;

– Mistérios gloriosos: o triunfo da ressurreição.

Rosário X Terço

A diferença entre o Rosário e o Terço é relacionada ao tamanho das orações que são rezadas dentro de um e de outro. O Rosário é o conjunto completo de todos os mistérios da vida de Cristo a serem contemplados. E o Terço é uma parte desse Rosário, que se escolhe para rezar em determinados dias da semana.

Antigamente, o Rosário tinha 150 Ave-Marias, e o Terço, 50. Ou seja, era a terça parte e, assim, foi chamado de terço. Em 2002, o Papa João Paulo II instituiu os mistérios luminosos, inserindo mais cinco dezenas. Com isso, o Rosário passou a ter 200 Ave-Marias (ou, 20 dezenas). Já o Terço continua com as mesmas cinco dezenas (50 Ave-Marias), sendo hoje, a quarta parte de um Rosário. Porém, sendo o nome muito popular, não mudou.

Você sabe rezar o Rosário?

Início: Sinal da Cruz

Em seguida, reza-se a oração do Creio, do Pai-Nosso, três Ave-Marias e o Glória ao Pai.

Depois se contempla, antes de cada dezena, o mistério do terço rezado naquele dia. Ou, se você rezar um Rosário todo (as 200 Ave-Marias), contemple igualmente cada mistério. Após contemplar o mistério referente à dezena rezada, recita-se um Pai-Nosso, dez Ave-Marias, o Glória ao Pai e a Jaculatória ensinada por Nossa Senhora aos pastorinhos de Fátima, em Portugal, no ano de 1917: “Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu, e socorrei principalmente as que mais precisarem”.

Finaliza-se o Rosário ou o Terço, com a Oração da Salve-Rainha.

Mistérios Gozosos
(segundas-feiras e sábados)

1º – Anunciação do anjo Gabriel a Maria

2º –  Visitação de Maria à sua prima Santa Isabel

3º –  Nascimento de Jesus em Belém

4º –  Apresentação de Jesus no templo

5º –  Perda e encontro de Jesus no templo

Mistérios Luminosos
(quintas-feiras)

1º – O Batismo no rio Jordão.

2º – Milagre de Jesus nas bodas de Caná.

3º – Anúncio do Reino de Deus com um convite à conversão.

4º – A Transfiguração de Jesus no Monte Tabor.

5º – A Instituição da Eucaristia

Mistérios Dolorosos
(terças e sextas-feiras)

1º – A oração de Nosso Senhor no Horto das Oliveiras.

2º – A flagelação de Jesus.

3º – A coroação de espinhos.

4º – A subida dolorosa do Calvário carregando a Cruz.

5º – A crucificação e morte de Jesus.

Mistérios Gloriosos
(quartas-feiras e domingos)

1º – A ressurreição do Senhor.

2º – A ascensão de Jesus.

3º – A vinda do Espírito Santo – Pentecostes.

4º – A Assunção de Nossa Senhora aos céus.

5º – A coroação da Santíssima Virgem como rainha do céu e da terra.

 

Diácono Francisco durante uma Celebração Eucarística

Diácono Francisco Roque Guesser
66 anos, aposentado

Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Antônio Carlos

“Quatro comunidades aqui da Paróquia se reúnem todos os domingos, para o Terço dos Homens. Semanalmente, participam mais de 30 homens, uma iniciativa que surgiu em 2017. Para mim, não tem coisa melhor do que ser filho de Maria, pois somos todos irmãos de Cristo. Em primeiro lugar, claro, está a Eucaristia, ali temos Jesus. E depois, Maria, com a oração do terço. Maria ajuda a encontrar Cristo. A tradição de rezar o terço em família passa de geração em geração. Quando criança e adolescente, lembro que rezávamos o terço em família, toda noite. Atribuo à intercessão de Maria, pelo terço, os cinco padres que temos na família, inclusive meu filho, Pe. Murilo Guesser, além de tantas outras graças alcançadas”. 

 

Valéria com os netos

Valéria Mafra
61 anos, aposentada
Paróquia São Judas Tadeu – Brusque

“Em casa, a gente reza o terço todo mês, quando chega a capelinha da Mãe Peregrina. O Apostolado da Oração, toda primeira sexta-feira do mês, fica em adoração na Igreja Matriz. Rezamos o terço da misericórdia às 15h, e depois, o terço mariano. Sempre oriento na minha casa e no movimento, para rezarem o rosário. Desde pequena, quando tinha quatro anos, eu rezava até mais do que agora, queria ser irmã religiosa. Mas minha vocação era o matrimônio. Sou casada, tenho quatro filhos e quatro netos. O rosário sempre ajudou, não é uma graça que se obtém na hora, mas se pararmos e refletirmos, Nossa Senhora ajuda o tempo inteiro, dia a dia”.

 

 

 

 

Danielle com o marido e as filhas

Danielle Zanella Sitta Socas da Silva

42 anos, dentista
Movimento de Emaús – Florianópolis

“O SOS Céu é um grupo de Whatsapp criado em 15 de outubro de 2014, por algumas mulheres do Movimento de Emaús, de Florianópolis, para que, através da tecnologia, estivéssemos mais próximas dos pedidos de oração daqueles que mais necessitavam. Este grupo cresceu, hoje conta com 63 integrantes, mulheres e homens, e através dele, várias pessoas pedem orações, recebem graças, partilham suas cruzes e rezam em vários momentos do dia por aqueles que, muitas vezes, nem sequer conhecem. Nossa oração principal é o terço. É a oração que une toda a Igreja de Cristo, a comunhão dos santos do céu com os santos da terra que rogam a Mãe Maria sua mediação e intercessão pelos sofrimentos dos seus filhos e filhas tão amados. Seguimos firmes na fé e perseverantes na oração”.

 

Matéria publicada na edição de outubro de 2018 do Jornal da Arquidiocese, páginas 06 e 07.

 

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios

*